segunda-feira, 7 de junho de 2010

DIVERSIDADE SEXUAL- HOMOFOBIA








A homofobia (homo= igual, fobia=do Grego φόβος "medo"), é um termo utilizado para identificar o ódio, a aversão ou a discriminação de uma pessoa contra homossexuais e, consequentemente, contra a homossexualidade, e que pode incluir formas sutis, silenciosas e insidiosas de preconceito e discriminação contra homossexuais.

Origem e significado
O termo é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual".
Phobos (grego) é medo em geral. Fobia seria assim um medo irracional (instintivo) de algo. Porém, "fobia" neste termo é empregado, não só como medo geral (irracional ou não), mas também como aversão ou repulsa em geral, qualquer que seja o motivo.
Etimologicamente, o termo mais aceitável para a idéia expressa seria "Homofilofóbico", que é medo de quem gosta do igual.

Oposição ao termo
Alguns estudiosos da língua argumentam que o termo aponta de forma errônea ara um motivo específico, fobia (medo irracional), tendo sido o seu sentido modificado para se referir a discriminação da homossexualidade, o que pode não ser o caso. No entanto numa situação similar a palavra xenofobia passou a ser utilizada coloquialmente para qualquer preconceito contra estrangeiros, extravasando assim o seu significado original.
Algumas pessoas preferem classificar o comportamento homofóbico apenas como o "repúdio da sociedade em relação a pessoas que se auto-excluem ou "desajustamento social por busca do prazer individual" justificando assim a exclusão social das pessoas homossexuais pelo fato de serem diferentes da suposta norma. Outras não consideram homofobia o repúdio à relação homoerótica, alegando que a relação heteroerótica também pode causar repulsa aos homossexuais, justificando a sua discriminação pela discriminação da outra "classe". Há ainda o repúdio por motivos religiosos aos atos homossexuais mas não necessariamente se manifestando de forma direta contra as pessoas homossexuais. Entretanto, ativistas e defensores das causas LGBT em geral indicam que atitudes similares foram utilizadas no passado para justificar a xenofobia, o racismo e a escravidão.
Outras pessoas criticam o uso e abuso correntes do termo "homofobia", sugerindo que tal palavra poderia ser utilizada de maneira pejorativa e acusatória para designar qualquer discordância ou oposição à homossexualidade, ou, mais especificamente, a alguns pontos defendidos pelos movimentos LGBT. Muitos destes críticos fundamentam sua oposição em argumentos religiosos cristãos, considerando que a heterossexualidade seria única forma ualidade abençoada por Deus.

Motivos para a homofobia
Alguns estudiosos e indivíduos comuns atribuem a origem da homofobia às mesmas motivações que fundamentam o racismo e qualquer outro preconceito. Nomeadamente, uma oposição instintiva a tudo o que não corresponde à maioria com que o indivíduo se identifica e a normas implícitas e estabelecidas por essa mesma maioria, nomeadamente a necessidade de reafirmação dos papéis tradicionais de gênero considerando o indivíduo homossexual alguém que falha no desempenho do papel que lhe corresponde segundo o seu gênero.
Algumas pessoas consideram que a homofobia é efetivamente uma forma de xenofobia na sua definição mais estrita: medo a tudo o que seja considerado estranho. Esta generalização é criticada porque o medo irracional pelo diferente não é, aparentemente, a única causa para a oposição à homossexualidade, já que esta atitude pode também provir de ensinamentos (religião, formas de governo, etc.), preconceito, informação ou ideologia (como em comunidades machistas), por exemplo.

Perspectiva jurídica

Portugal
De acordo com o artigo 240 do novo Código Penal português, em vigor desde 15 de setembro de 2007, qualquer forma de discriminação com base em orientação sexual (seja ela sobre homossexuais, heterossexuais ou bissexuais) é crime. Da mesma forma são criminalizados grupos ou organizações que se dediquem a essa discriminação assim como as pessoas que incitem a mesma em documentos impressos ou na Internet. E esta lei aplica-se igualmente a outras formas de discriminação como religiosa ou racial. Além disso, o artigo 132, II, "f", do novo Código Penal, define como circunstância agravante o homicídio qualificado por motivo de ódio, inclusive no tocante à orientação sexual..

Brasil
No Brasil, além da Constituição de 1988 proibir qualquer forma de discriminação de maneira genérica, várias leis estão sendo discutidas a fim de proibirem especificamente a discriminação aos homossexuais.
A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamental da República” (art. 3º, IV) o de “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação”. A expressão "quaisquer outras formas" refere-se a todas as formas de discriminação não mencionadas explicitamente no artigo, tais como a orientação sexual, entre outras.
O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006[5], atualmente em tramitação no Congresso, propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/89. Esse projeto foi iniciado na Câmara dos Deputados, de autoria da deputada Iara Bernardi e que ali tramitou com o número 5003/2001, que na redação já aprovada propunha, além da penalização criminal, também punições adicionais de natureza civil para o preconceito homofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, a inabilitação para contratos junto à administração pública, a proibição de acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefícios tributários.
Segundo pesquisa telefônica conduzida pelo DataSenado em 2008 com 1120 pessoas em diversas capitais, 70% dos entrevistados são a favor da criminalização da homofobia no Brasil. A aprovação é ampla em quase todos os segmentos, no corte por região, sexo e idade. Mesmo o corte por religião mostra uma aprovação de 54% entre os evangélicos, 70% entre os católicos e adeptos de outras religiões e 79% dos ateus.

São Paulo
No Estado de São Paulo, a lei estadual 10.948/2001 estabelece multas e outras penas para a discriminação contra homossexuais, bissexuais e transgêneros. São puníveis pessoas, organizações e empresas, privadas ou públicas (art. 3º). A lei proíbe, em razão da orientação sexual (art. 2º): violências, constrangimentos e intimidações, sejam morais, éticas, filosóficas ou psicológicas; a vedação de ingresso a locais públicos ou privados abertos ao público; selecionar o atendimento; impedir ou sobretaxar a hospedagem em hotéis ou motéis, assim como a compra, venda ou locação de imóveis; demitir do emprego ou inibir a admissão. A lei também pune quem "proibir a livre expressão e manifestação de afetividade", se estas forem permitidas aos demais cidadãos. As penalidades são as seguintes (art. 6º): advertência; multa de 1000 a 3000 Ufesp (unidade fiscal), ou até 10 vezes mais para grandes estabelecimentos; suspensão ou cassação da licença estadual de funcionamento; além de punições administrativas (art. 7º) para as discriminações praticadas por servidores públicos estaduais no exercício de suas funções.

Manifestações homofóbicas
O insulto homofóbico pode ir do bullying, difamação, injúrias verbais ou gestos e mímicas obscenos mais óbvios até formas mais subtis e disfarçadas, como a falta de cordialidade e a antipatia no convívio social, a insinuação, a ironia ou o sarcasmo, casos em que a vítima tem dificuldade em provar objetivamente que a sua honra ou dignidade foram violentadas.
Alegadamente, um tipo desses ataques insidiosos mais largamente praticado pelos homófobos (pode dizer-se que em nível mundial, mas com particular incidência nas sociedades mediterrânicas, tradicionalmente machistas) e que funciona como uma espécie de insulto codificado e impune, é o de assobiar, entoar, cantarolar ou bater palmas (alto ou em surdina, dependendo do atrevimento do agressor) quando estão na presença do objecto do seu ataque, muitas vezes perante terceiros. Esta forma de apupar, humilhar, amesquinhar ou intimidar alguém parece ter raízes muito antigas. A Bíblia refere, a respeito do atribulado Job: "O vento leste (...) bate-lhe palmas desdenhosamente e, assobiando, enxota-o do seu lugar" (Job, 27:23). Na Índia rural, "os hermafroditas ou pessoas sexualmente indefinidas anunciam a sua chegada batendo palmas".

Manifestações homofóbicas no Brasil
Segundo o professor Luiz Mott, do departamento de Antropologia da Universidade Federal da Bahia, a homofobia é uma "epidemia nacional". Ele assevera que o Brasil esconde uma desconcertante realidade: "é o campeão mundial em assassinatos de homossexuais, sendo que a cada três dias um homossexual é barbaramente assassinado, vítima da homofobia".
Porém tal afirmação não implica necessariamente que as pessoas homossexuais sejam, efetivamente, um alvo preferencial quando comparados com outras orientações sexuais no Brasil. Os dados indicam que de 1980 a 2007, foram assassinadas 2.647 pessoas identificadas como homossexuais, enquanto o total de assassinatos no país foi de 800.000 pessoas de 1980 a 2005. Segundo estes dados temos uma média de 32000 assassinatos por ano para a população em geral, e de apenas 100 assassinatos por ano para pessoas homossexuais o que é muito abaixo das percentagens de pessoas homossexuais normalmente apresentadas relativamente à população em geral que variam entre 1% e 14%. Assassinatos contra homossexuais podem, ainda, ser perpetrados pelos própris integrantes desta categoria social. Deve-se ter em conta, contudo, que nem todos os crimes motivados por homofobia são visibilizado, pois em alguns casos a orientação sexual da vítima é mantida em sigilo. Assassinatos motivados por discriminação contra esse segmento da sociedade são especialmente graves por conterem a variável da discriminação internalizada, sendo assim, crimes de caráter hediondo, assim como qualquer outro crime proveniente de conduta discriminatória. É preciso também ter em mente que nem todas as manifestações homofóbicas resultam em violência letal, podendo ocorrer agressão física, agressão verbal ou atitudes silenciosas de discriminação motivados pela orientação sexual.
O mais recente caso homofóbico registrado no Brasil foi o da psicóloga Rozângela Alves Justino, que atende no Rio de Janeiro, punida pelo Conselho Federal de Psicologia por tentar "curar" pessoas homossexuais que procuravam seu consultório, em clara discordância à Organização Mundial da Saúde que não considera a homossexualidade uma doença há anos.
Segundo Mott, no seu livro Causa Mortis: Homofobia, a homofobia é danosa mesmo quando não explicitamente manifestada, uma vez que as pessoas podem inrustirseu preconceito sem exteriorizar os motivos como acontece com o racismo. Numa eventual lei contra a homofobia, Mott explica que ela não seria coibida totalmente, criando uma tensão nos relacionamentos cotidianos, gerando discriminação sutil como acontece com os negros no Brasil. A proposta de lei, ainda segundo Mott, mesmo que aprovada teria o grande desafio de superar os valores da sociedade tradicional, e somente a conscientização na sociedade é capaz de transformar a realidade do homossexual no país.

Grupos considerados homofóbicos

Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente quanto mais um grupo político se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas. Dependendo da forma como aplicam a sua oposição (que varia do "não considerar um comportamento recomendável" até à "pena de morte") pode ser considerados "fundamentalistas" ou não. As manifestações desta oposição podem ter consequências diretas para pessoas não homossexuais.
Em muitos casos esta oposição tem reflexos legais, novamente variando entre leis que diferenciam entre casais do mesmo sexo e casais do sexo oposto, até países em que se aplica a pena de morte a homens que tenham sexo com homens.
No entanto, há alguns grupos dentro das ideologias e religiões apresentadas que apoiam ativamente os direitos das pessoas GLBT. Da mesma forma existem indivíduos homossexuais, associações e grupos LGBT que podem, mesmo assim, manifestar-se de forma considerada homofóbica em determinados contextos.

Agora responda:
1-  Qual a origem e o significado do termo HOMOFOBIA?
2- O que gera a homofobia?
3- Quais os tipos de manifestações homofóbicas que você já presenciou? Você tomou alguma atitude diante deste fato? Qual?
4- Perante a lei HOMOFOBIA é crime. Comente sobre a legislação brasileira no que se refere a esse tema.
5- Cite alguns grupos considerados homofóbicos. Qual a justificativa deles para tomar esta atitude?




44 comentários:

  1. RAQUEL QUEIROZ DA SILVA 3ºF Nº28

    RESPOSTAS:

    1--Bem o significado dessa palavra é HOMO:igual
    FOBIA:medo,entao seria medo ou descriminação contra os homossexuais.Essa palavra é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual"

    2--A homofobia é gerada pelo motivo, da sociedade e das pessoas que nela vivem não aceitarem as pessoas que preferem outra opção sexual (homossexual) então gera a discriminação,racismo,preconceito e varias formas de desprezo á essas pessoas.E sociedade criou esse nome "homofobia" para justificar essas ações.

    3--Bem, os tipos de manifestações homofóbicas que já presenciei, são as mais "comuns" por exemplo: na escola,na rua , no bairro e em diversos lugares pessoas zombam e criticam essas pessoas.Na minha opinião uma coisa é respeitar e outra é aceitar,entao eu respeito e digo as vezes pra outras pessoas que é melhor respeitar e tentar ajudar essas pessoas do que só atirar pedras.

    4--No Brasil ha varias leis conta discriminação,basicamente discriminação contra homossexuais.O Projeto de Lei da Câmara, atualmente propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/89.

    5--Grupos, políticos ou culturais.Algumas pessoas afirmam nao ser um comportamento inadequado na sociedade e outros grupos que já levam á pena de morte por apenas dizerem que ser homossexual é crime.Esses grupos acabam influenciando a mente de pessoas nao homossexuais e não homofóbicas.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Oliveira, N° 30 - 3° Ano F - Tarde - J.A11 de junho de 2010 14:08

    1° - A origem de homofobia é de: homo= igual, fobia= medo ou seja "medo de quem gosta do igual" ela foi criada pelo psicólogo George Weinberg em 1971 em uma obra impressa combinando as tais palavras em relação a palavra homossexual.

    2° - Gera odio, descriminação, preconceito, exclusão, violência (tanto física, como pisicologica), contra as pessoas homossexuais praticados pelos homofóbicos.

    3° - Nenhuma.

    4° - No Brasil, a partir Constituição de 1988 proibe qualquer forma de discriminação a homossexuais, ainda várias leis estão sendo discutidas para dar fim ainda mais a qualquer preconceito aos homossexuais.
    A Constituição Federal brasileira em outras palavras quer “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação”.

    5° - Grupos políticos ou culturais, porque dependendo da sua cultura ou pensamento, agem com preconceito e demais ações homofóbicas contra os homossexuais.

    ResponderExcluir
  3. João Paulo Loiola 3º F Tarde11 de junho de 2010 14:08

    1ºA palavra homofobia originda do Grego (homo= igual, fobia= medo). O termo foi criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra que ele publicou, combinando a palavra grega phobos = fobia, com o prefixo homo-, como remissão à palavra homossexual.

    2ºÉ o ódio, a aversão ou a discriminação de uma pessoa contra homossexuais e, consequentemente, contra a homossexualidade, e que pode incluir formas sutis, silenciosas e insidiosas de preconceito e discriminação contra homossexuais.E as vezes pode até matar um pessoa só porque ela é "HOMOSSEXUAL"

    3ºNenhuma.

    4ºTem que ser crime mesmo, quem já viu uma pessoa mata a outra só porque ela é "homossexual"?!Isso é uma forma de grosseria contra eles tanto quanto os homens como as mulheres.

    5ºPolíticos quando se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas. E culturais porque depende de sua cultura para escolher seu opção sexual por isso ah muito preconceito.

    ResponderExcluir
  4. Margleyck / nª 24 / Tarde / 3º F11 de junho de 2010 14:08

    1 --
    A palavra foi criada pelo psicólogo George Weinberg.
    Veio das palavras HOMO-como remissão à palavra homossexual , PHOBOS-fobia.
    O seu significado seria ''medo de quem gosta do igual.''

    2 --
    O causador do medo de gostar do igual seria o preconceito que quase todas as pessoas fazem a essas pessoa que escolhem gostar do sexo igual.

    3 --
    Eu nunca presenciei uma manifestação homofóbica grave, mais ja presenciei varios insutos mas por mim eu não fasso nenhuma atitude por um simples motivo de não me meter neste tipo de assunto.

    4 --
    Hoje em dia no brasil cuidar do termo ''homofóbia'' e um caso que ainda presisa ser cuidado o mais rapido possivel pois os crimes almentam cada vez mais no nosso pais.

    5 --
    existem grupo politicos e culturais , grupos vastos que são compostos por varias pessoas de diverssas idades , cores e jeitos de viver.

    ResponderExcluir
  5. Talita Sobreira Silva 3º ano F nº 3111 de junho de 2010 14:09

    1º - O termo foi criado pelo psicólogo George Weinberg em 1971,com o prefixo homo,para representar "homosexualidade".Fobia na realidade é ter medo irracional de algo,o termo mais aceitável seria,"homofilofóbico"que é medo de quem gosta do igual.

    2º - Acho que é uma mistura de medo com a falta de raciocínio do ser humano.Em relação ao *homofilofóbico,é a pessoa que tem um certo preconceito com a opção sexual do outro.

    3º - Nunca presenciei nenhuma manifestação homofóbica.

    4º - No Brasil, várias leis estão sendo discutidas a fim de proibirem especificamente a discriminação aos homossexuais.

    5º - Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade.Eles ñ consideram um comportamento recomendável.

    ResponderExcluir
  6. Larissa Lima n-18 3-F11 de junho de 2010 14:16

    1- O nome foi criado pelo psicólogo George Weinberg.
    Homofobia significa a discriminação de uma pessoa contra aquelas que tem uma outra opção sexual, os chamados homossexuais.

    2- Começa na infância quando os pais começam: boneca é coisa de menina, bola é coisa de menino, uma criança mesmo pode começar com esse preconceito desde cedo e no futuro se tornar pior, para eles tem que segui o padrão homem não se relaciona com outro homem e nem mulher com mulher.

    3-A escola é um lugar muito comum de se ver essas coisas. O minimo que posso fazer é pedir para parar.

    4-O Brasil pode proibir qualque forma de discriminação, mas não adianta de nada, eles não vão conseguir que aqueles que tem preconceito mudem de opinião.

    5- São grupos políticos e culturais, eles acham que os homossexuais não são gente, que eles não devem existir.

    ResponderExcluir
  7. Ana Letícia R. Lopes nº04 3ºF11 de junho de 2010 14:17

    1º)O termo é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971. Phobos(grego)é medo em geral. Etimologicamente,o termo mais aceitável para a ideia expressa seria"HOMOFILOFÓBICO",que é medo de quem gosta do igual.

    2º)Alguns estudiosos e indivíduos comuns atribuem a origem da homofobia às mesmas motivações que fundamentam o racismo e qualquer outro preconceito.

    3º)Nunca presenciei nenhuma manifestação homofóbica.

    4º)A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamental da República” (art. 3º, IV) o de “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação”.

    5º)Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente quanto mais um grupo político se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas.

    ResponderExcluir
  8. Luiz Henrique nº22 3 ano F tarde J.A11 de junho de 2010 14:18

    1º Homofobia e o termo usado para identificar se uma pessoa e de alguma forma contra os homossexuais,ou seja uma pessoa que tem preconceito,que muitas vezes agride de forma verbal e em muitos casos chega a ser de forma fisica.
    2º O que gera a homofobia e simplesmente o medo que as pessoas tem do que é diferente e o modo que elas encontram para se proteger e a discriminação.
    3º Nenhuma
    4º De acordo com a constituição brasileira e crime qualquer tipo de discriminação.Mas não se tem uma lei que proteja os homossexuais existe apenas um projeta de lei que esta a espera de aprovação no congresso nacional.
    5º Segundo o texto existem vários grupos politicos ou culturais contra os homossexuais o texto tambem explica que os politicos que chegam ao poder são os que mais tem preconceito contra os homoxessuais.

    ResponderExcluir
  9. Leide Laura Sousa - 3º F --> nº 1911 de junho de 2010 14:19

    1°) Homofobia geralmente é um medo que o individuo tem de gostar do ser humano do mesmo sexo.

    2°) Como a sociedade já tem um padrão a seguir com relação a dois seres de sexos diferentes, o individuo que ñ segue esse padrão é considerado um ser estranho e diferentes dos demais, daí gera o preconceito.

    3°) já vi cenas de de casais gays sendo criticados, alvo de piadinhas maldosas de rapazes. Mas ñ tomei nenhuma atitude porque ñ quis, simplismente!

    4°) A homofobia já existe e é um fato! mesmo que aprovem uma lei considerando um crime o preconceito, ainda vai existir do mesmo jeito

    5°) Políticos. Eles alegam a religioes e etc...

    ResponderExcluir
  10. Thais Felipe Campina nº33 3ºF Tarde11 de junho de 2010 14:20

    01)O termo é um neologismo criado pelo psicologo George Weinberg,em 1971.Fobia é um medo irracional de algo não só como medo geral,mas também como aversão ou repulsa em geral,qualquer que seja o motivo.[PHOBOS]é uma palavra grega que significa FOBIA.
    02)O que gera são as mesmas motivações que fundamentam o racismo e a qualquer outro preconceito.
    03)Nunca presenciei.
    04)A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamental da República” (art. 3º, IV) o de “promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação”.
    05)Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente quanto mais um grupo político se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas.

    ResponderExcluir
  11. Tiago 3° F manhã n: 3611 de junho de 2010 14:23

    1°-È um termo utilizado para identificar o ódio, a aversão ou a discriminação de uma pessoa contra homossexuais e, consequentemente, contra a homossexualidade, e que pode incluir formas sutis, silenciosas e insidiosas de preconceito e discriminação contra homossexuais.

    2° Homofobia caracteriza o medo e o resultante desprezo pelos homossexuais que alguns indivíduos sentem. Para muitas pessoas é fruto do medo de elas próprias serem homossexuais ou de que os outros pensem que o são. O termo é usado para descrever uma repulsa face às relações afectivas e sexuais entre pessoas do mesmo sexo, um ódio generalizado aos homossexuais e todos os aspectos do preconceito heterossexista e da discriminação anti-homossexual.

    3°nenhuma

    5°Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente quanto mais um grupo político se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas.No entanto, há alguns grupos dentro das ideologias e religiões apresentadas que apoiam ativamente os direitos das pessoas GLBT.

    ResponderExcluir
  12. Eduardo Cavalcante Nº 10. 3º Ano F / Tarde. José de Alencar11 de junho de 2010 14:25

    1.O termo é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg,Combinanmdo a palavra grega phobos com o prefixo homo, phobos é medo em geral,fobia seria um medo irracioinal de algo,homofobia é para identificar a discrimanação contra os homossexuais e cosequentemente contra a homossexualidade e preconceitos.
    2.Os motivos para gerar a homofobia é tudo o que não corresponde à maioria com que a pessoa se identifica e a normas estabelecidas pela sociedade,cosiderar o indivíduo homossexual alguém que falha no desempenho do papel que lhe corresponde segundo o seu gênero.
    3.Eu nunca presenciei manifestações homofóbicas.
    4.proibir qualquer forma de discriminação de maneira preconceituosa.
    5.Grupos politicos e culturais,quanto mais um grupo político se encontra a direita no especto político maior a dose de preconceito contra pessoas homossexuias.quanto mais um grupo político se encontra à direita no espectro político maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas.

    ResponderExcluir
  13. Bárbara Bezerra de Negreiros. nº06. 3º F11 de junho de 2010 14:25

    1- A HOMOFOBIA surgio através do psicólogo George Weinberg, em 1971. homo= igual, fobia= medo, mas na verdade o termo que se encaixaria melhor seria, Homofilofóbico que é medo de quem gosta do igual, no caso, os HOMOSEXUAIS, que amam uma pessoa do mesmo sexo, "É UM AMOR DIFERENTE, MAS É AMOR!"

    2- O desrespeito de algumas pessoas em relação aos homosexuais, que não aceitam nem tão pouco respeitam a escolha de "amar o igual".

    3- Nunca presenciei nenhum tipo de manifestação homofóbica, portanto não tenho o que relatar.

    4- Nada mas justo do que exercer essa lei contra pessoas que não tem respeito algum quando se trata de homosexuais. Até porque todo ser humano tem o direito de escolher sua opção sexual. E não importa quem você ama, se é homem, mulher, gay, lésbica, branco, negro, pardo, amarelo, ou seja la qual for a sua origem, classe, raça ou cor,o importante é AMAR!

    5- Muitas vezes a propria igraja, quando se trata de procriar, que eles relatam que dois seres do mesmo sexo não podem procriar, e dizem que essa é a lei de Deus, essa é a justificativa deles.

    EEFM José de Alencar
    Bárbara Bezerra de Negreiros. nº 06.
    3º ano F, Tarde
    Professora: Isabel Aguiar
    SOCIOLOGIA

    ResponderExcluir
  14. leonardo de oliveira 3° ano f N° 2011 de junho de 2010 14:26

    1-O termo é um neologismo criado pelo psicologo George Weinberg,numa obra impressa,combinando a palavra grega phobos (fobio),com o prefixo homo,com remissão á palavra homosexual.
    Pra mim,é aceitar a opção dessas pessoas de serem homosexuais,ter respisto e nao discriminalos.
    2-É um termo utilizado para identificar o ódio a aversão ou a discriminação.
    3-Eu nunca presenciei nenhuma manifestação
    4-A Constituição Federal brasileira promove o bem de todos,sem preconceito de origem,raça,sexo,cor,idade,ou quaisquer outras formas de discriminação.
    5-Tem diversos grupos,como políticos e culturais,quanto mais um grupo político se encontra á direita no aspectro maior a dose de preconceito contra pessoas homoafetivas.

    ResponderExcluir
  15. 1)a homofobia é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, é também a junção das palabras phobos (fobia) eo prefixo homo- como remissão a palavra " homossexaual"
    o significado grego (phobos)é medo geral, e fobia é um medo irracional.

    2)a homofobia é gerado pelo fato de ocorrer racismos e preconceito, mais geralmente uma posição instintiva a tudo, o individuo que não se indentifica as normas estabelecidas ele é descriminado e jugado com isso ocorrendo a homofobia.

    3)uma pessoa descriminando um casal que estavam de mãos dadas,a minha atitude na hora foi critica a pessoa que estrava descriminando pois todos nós somos livres para ir atrás de nossa felicidade.

    4)No Brasil as pessoas homossexuais são um alvo preferencial para descriminação, quando comparados com outras orientações sexuais.

    5) Os politicos são um dos grupos que mais tem preconceito de contra pessoas homoafetivas.A justificativa deles é que os homossexuas não tem o comportamento recomendável.

    ResponderExcluir
  16. Cleiton Maia da Silva 3° F nº711 de junho de 2010 14:27

    1º)O termo e um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg em 1971,quer dizer que o termo e mais aceitavel"que e medo de quem gosta do mesmo sexo"!!

    2º)O preconceito, ou seja o desprezo que algumas pessoas sentem pelos os homossexuais.

    3º)Eu numca presenciei uma monifestação homofóbica.

    4°)No meu ponto de vista e muito mais que um crime!poes a igualdade e pra todos!!

    5°)A "Religião" porque eles não aceita de nenhuma maneira de homossexuais.

    ResponderExcluir
  17. Douglas Benevides 3º F Tarde 0811 de junho de 2010 14:28

    1º homo("igual") fobia("medo")é o ódio de pessoas contra homossexuais e até a homossexualidade o que demonstra preconceito contra os homossexuais.
    2º Creio que com preconceitos como o racismo e todos os outros,o indivíduo age com uma oposição instíntiva a tudo que não corresponde a maioria e com as normas estabelecidas por essa maioria.
    3º Já presenciei grupos de amigos que não permitiram um homossexual entrar no grupo.diante disso agi considerando como se ele(a)fosse um aluno qualquer.
    4º Eu acho que no Brasil o homossexual tem direitos mas que não são vigorados.
    5º Fundamentalistas islãmicos,grupos políticos radicais e religiosos justificando que as atitudes dos homossexuais são inadequados.

    ResponderExcluir
  18. Quézia Moraes Nº 27º 3ºF TARDE escola José de alencar.11 de junho de 2010 14:29

    Respostas:
    01º) Vem do grego HOMO= igual e FOBIA= medo.Etimologicamente, o termo mais aceitável para a idéia expressa seria "Homofilofóbico", que é medo de quem gosta do igual; o termo é ulilizado para a discriminação homosexual.

    02º) Pessoas que não gostam de homosexuais e não os respeitam de forma nenhuma!

    03º) O bullyng é uma das que mais vejo no ambiente em que vivo (escola). Sim,já não gosto de apelidos a portura que tomei foi pedir pra pessoa parar,porque estava frustado o seu próximo!

    04º)A legislação brasileira é bem louca, primeiro ele nos fala pra ter "liberdade de expressão" depois nos reprime,mais sei que as pessoas exageram quando fala-se neste assunto acabam indo muito além e desrespeitando as pessoas porisso concordo em partes com essa lei. As pessoas tem que aprender a respeitar,quem é diferente do que a sociedade mostra ser PADRÃO.

    05º)Há diversos grupos, políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade.Geralmente os conceitos que eles usam é que não consideram o comportamento recomendável!

    *MINHA OPNIÃO!
    Respeitar é diferente de aceitar! respeito muito eles pois são pessoas como nós que tem vida e precisam de amor, felicidade assim como todo mundo!mas que isso não me obrigue a aceitar a sua prática, e me reprimir quando expresso minha opinião sobre esse assunto!

    ResponderExcluir
  19. vera lucia silva n:37 3:f11 de junho de 2010 14:32

    1.origem grega, significa um termo utilizado para identificar o odio,aversão ou adiscriminacão de uma pessoa.
    2.e o medo (geral) como o precomceito,a discriminacão,e palavras quer alfendem as pessoas.
    3.o racismo e homossexualidade.não mas fiquei com pena dessa pessoa.
    4.sim,porque somente acomcientizacão na sociedade e capaz de trasforma a realidade das pessoas.
    5.o grupo politico e cultural,religioso seopom ahomossexualidade.

    ResponderExcluir
  20. vanessa viana mourao 3°f n°4011 de junho de 2010 14:33

    1.significa um termo neologismo criado pelo psicologo george weinberg em 1971, numa obra impressa combinando a palavra grega fobia com o prefixo homo.
    2.o que gera a homofobia e o medo de que as pessoas de voce e que vao comecar a ter a disciminaçao da homessexualidade.
    3.nunca presenciei nenhuma
    4.no brasil existe varias leis mais so que mesmo assin continua o racismo.
    5.existem grupo politicos e culturais sao grupos de diversos preconceitos

    ResponderExcluir
  21. Márcia Fernandes nº 23. 3º F11 de junho de 2010 14:34

    1- O termo é um neologismo criado pelo pscólogo George Weinberg wm 1971 e quer dizer no termo mais aceitável "que é medo de quem gosta do igual".

    2- O preconceito, ou seja, o desprezo que algumas pessoas sentem pelos homosexuais.

    3- Nunca presenciei nenhuma manifestação homofóbica.

    4- Deve ser considerado crime sim, pois opção sexual faz parte do livre arbítrio de cada um.

    5- Geralmente e atualmente existem vários grupos que se opõem a homosexualidade. Entre esses grupos estão os religiosos, que justificam que Deus fez o homem e a mulher para assim formarem uma família.

    ResponderExcluir
  22. RESPOSTAS

    1.A origem do termo homofobia vem do grego,i o siginficadoe é ter medo de gostar do mesmo sexo e sofrer descriminação.

    2.A partir de uma dicriminação,ou seja o preconceito contra pessoas que gosta do mesmo sexo.

    3.Eu presenciei na escola,os alunos tinham um grande preconceito com um aluno que era homossexual,ele não tinha direito de se exprssar na aula.

    4.Por que somente a conscientização da sociedade,que pode mudar esse quadro de preconceito contra os homossexuais.

    5.A igreja não apoia as pessoas do jeito que ela é,a justificativa é porque Deus fez as pessoas para se gostar,mas não do mesmo sexo.

    ResponderExcluir
  23. Maria Dirlane Martins Garcia. Nº "25" 3º F11 de junho de 2010 14:38

    01-Homofobia é uma palavra criada por um pisicólogo chamado George Weinberg,em que "homo"=homossexualidade e "phobos"(fobia),ou seja o medo de ser homossexual,de ser diferente.

    02-O que gera a homofobia é a discriminação das sociedades,com relação aos homossexuais,pelo fato de serem diferentes da suposta norma.

    03-Ainda não presenciei nenhum caso de homofobia,mas se tivesse presenciado,eu teria dito a pessoa para não ter medo,pois embora não seja fácil,se há uma coisa que vale a pena nesta vida,é ser feliz,não importando o que as pessoas pesam.

    04-No Brasil,a discriminação aos homossexuais é crime,pois a Constituição brasileira tem como objetivo fundamental,promover o bem a todos,sem preconceito de origem,raça,sexo,cor,idade,entre outras.

    05-Há grupos políticos ou culturais, grupos religiosos. As justificativas de todos os grupos homofóbicos é o medo de se exporem à sociedade,pois esta rejeita qualquer coisa que esteja fora da norma padrão de sociedade.

    ResponderExcluir
  24. Thays Priscila de Araújo Sousa N°34 - 3°F11 de junho de 2010 14:39

    1- O termo Homofobia é a combinação da palavra phobos(fobia) com o prefixo homo. É um neologismo e foi criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971. O termo significa o medo de quem gosta do mesmo sexo, a discriminação contra os homossexuais e homossexualismo.

    2- Um conjunto de ensinamentos podem gerar a homofobia,como a religião, as formas de governo, o preconceito, informação ou ideologia exemplo:comunidades machistas.

    3- Na escola sempre ocorre pequenas manifestações homofóbicas. Existem alguns alunos que optam pelo "sexo igual", e os colegas ficam de brincadeiras chatas, piadas de mal gosto, e outras coisas do tipo. Eu procuro não me meter, não tenho nada contra, respeito com certeza mas é difícil pra alguns aceitar.

    4- A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamental da República” o de “promover o bem de todos, sem preconceitos.O Projeto de Lei da Câmara propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero.Além da penalização criminal, também punições adicionais de natureza civil para o preconceito homofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, a inabilitação para contratos junto à administração pública, a proibição de acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefícios tributários.

    5- Alguns grupos políticos e culturais, alguns ditos fundamentalistas e religiosos. Diziam que era um comportamento inadequado, era um crime.

    ResponderExcluir
  25. Douglas fabricio n°9 3°ano F11 de junho de 2010 14:41

    1. Originou-se através de um psicólogo chamado George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos (fobia), com o prefixo homo-, como da palavra "homossexual". E significa o ódio,a aversão e a discriminação de uma pessoa contra homossexuais e, consequentemente, contra a homossexualidade.

    2. A Homofobia é gerada através da sociedade, porque somos uma população machista. Assim desde criança é nos colocado uma idéia em mente que os "homens ficam com mulheres" e as "mulheres ficam com homens", então quando vemos alguns casos de "homens com homens" e "mulher com mulher" achamos estranho fazendo com que se crie o preconceito.

    3. Na sociedade em que vivemos, estamos cercados de fatos onde acontece o preconceito, basta andar um pouco na rua e veremos homens xingando homossexuais ou até mesmo agredindo; Eu nunca presenciei nem um fato de agressão, mas ja vi muitos casos de xingamentos e até mesmo brincadeiras de mau gosto. Se eu visse um caso de agressão não sei o que faria, acho que nada pois somos um população onde o medo faz parte de nosso cotidiano.

    4.No Brasil várias leis estão sendo discutidas a fim de proibirem a discriminação aos homossexuais. Estão discutindo um projeto de lei onde propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/89. Esse projeto foi iniciado na Câmara dos Deputados, de autoria da deputada Iara Bernardi e que ali tramitou com o número 5003/2001, que na redação já aprovada propunha, além da penalização criminal, também punições adicionais de natureza civil para o preconceito homofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, a inabilitação para contratos junto à administração pública, a proibição de acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefícios tributários.

    5. Há diversos grupos políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente os conceitos que eles usam é que não consideram o comportamento recomendável.

    ResponderExcluir
  26. Ana Cícera Da Costa Guedes n° 03 3° F11 de junho de 2010 14:44

    1° Homofobia vem do grego (Homo significa igual e fobia medo),portanto medo do que é semelhante,mas o correto seria Fobia do que lhe é diferente.

    2° A homofia primordialmente é gerada pelo modelo imponto pela relião que diz que a mulher foi feita para o homem, assim discrimina outras fomas de relacionamentos.

    3° Eu já presenciei pequenas atitudes descriminatorias, mas nada que uma boa conversa não resouvesse.

    4° Perante a Contituição Homofobia é crime. Na mesma, proibe quaiquer tipo de discriminação. Assim deixa subtendido que discrinar pessoas por sua opçao sexual, raça, etina, etc é crime.

    5° Os Skinheads, Neonazistas, Reliosos radicais e muitos outros grupos, querem justificar o fato de serem homofóbicos apartir da questão religiosa. Com isso acabam indo contra a toda ie qualquer pessoa que tenha uma opinião dierente dos seus incinamentos.

    Para mim não importa a opnião sexual das pessioas. Temos que apreder que não há nada para se aceitar se a pessoa que é homoafefiva já decidiu o que quer e se aceita deste forma não é de nosso direito questionar ou não todos temos o direito de sermos deferentes.

    O bizarro não é ser diferente é achar
    que somos iguais...

    ResponderExcluir
  27. Talita Xavier n°32 3°F11 de junho de 2010 14:44

    1-O termo é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual".
    Phobos (grego) é medo em geral. Fobia seria assim um medo irracional (instintivo) de algo. Porém, "fobia" neste termo é empregado, não só como medo geral (irracional ou não), mas também como aversão ou repulsa em geral, qualquer que seja o motivo.
    2-A origem da HOMOFOBIA está ligada ao preconceito,ao racismo,a tudo que seja diferente,ao que foge dos padrões estabelecidos pela sociedade.As pessoas possuem medo do que é estranho e acabam se afastando sem nem mesmo conhecer.Mas essa atitude tambem pode provir de ensinamentos religiosos, formas de gorvernos.
    3-Ainda, nenhum.
    4-Estou totalmente de acordo, pois sou contra a homofobia e qualquer outro tipo de discrimminação.
    5-Grupos políticos,religiosos ,culturais, entre outros.As justificativas afirmam que é um comportamento idaquedado,até crime.As pessoas não aceitam o que é diferente.

    ResponderExcluir
  28. Thays Vianna Nº 35º 3ºF TARDE escola José de alencar.11 de junho de 2010 14:49

    1-È o medo do igual, ou seja preconceito e discriminaçãocontra homossexuais,as vezes na propria familia ou em outros locais como na rua, na escola, no trabalho, no shopping.

    2-a sociedade de hoje em dia é vivida por regras ou normas nas quais os homossexuais nem sempre se encaixam, com isso surgi muito preconceito contra o DIFERENTE as vezes até por não cochecer o mundo de uma pessoa homossexual.

    3-Uma amiga e eu estavamos andando de mãos dadas no shopping quando passou uma senhora um pouco de idade que parou e olhou em seguida falou para a pessoa que lhe acompanhava que aquilo era uma "falta de respeito com as pessoas",duas meninas tão bonitas em vez de serem normais preverem ser "lesbicas" assim que percebemos o que estava acontecendo ficamos com muita vergonha, por que um simples gesto tinha causado uma confusão tão grande.Minha amiga ficou com muita raiva da situação por não estavamos fazendo nada de mais,estavamos apenas de mãos dadas andando pelo shopping, ela levantou foi até há senhora que estavam falando e perguntou se ela tinha filhos em casa, há senhora muito nervosa disse que tinha uma casal de filhos e perguntou porque ela tinha lhe perguntado isso, minha amiga com muita raiva respondeu, a senhora gostaria que sua filha ou filho sai se com um amiga ou amigo é alguma pessoa pensa se que ele ou ela eram homossexual? a senhora assustada respondeu que não gostaria é pediu desculpas por ter interpretado errado.Quando minha amiga me falou o que ela tinha ido fazer lá eu fiquei se reação, acho que não teria a coragem dela de ir até lá argumenta um assusto tão CRITICO.

    4-No Brasil ha varias leis conta discriminação,basicamente discriminação contra homossexuais.O Projeto de Lei da Câmara, atualmente propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei

    5-Existem diversos grupos religiosos ou culturais que se opõem à homossexualidade. É o caso de determinados religiosos, em especial cristãos (católicos e/ou protestantes.Dependendo da forma como aplicam a sua oposição (que varia do "não considerar um comportamento recomendável" até à "pena de morte pode ser considerados "fundamentalistas" ou não. As manifestações desta oposição podem ter consequências directas para pessoas não homossexuais.E fico imaginando seria um casal de homossexual?
    como seria a vida de um homossexual?
    acho que é muito dificil você gosta do mesmo sexo e ainda sofre preconceito com isso acho que é muito.

    ResponderExcluir
  29. kessiana sousa 3ª F nª 1711 de junho de 2010 17:08

    1º)homofobia é a junsao da palavra homo=igual,fobia=do grego=medo,foi criado pelo psicologo Geoge Weinberg em 1971,combinando as palavras em relaçao ao homossexual

    2º)a homofobia vem do preconceito,pessoas que nao respeita os homossexuais que sentem nogo ou ate medo.

    3º)nenhuma ainda

    4º)o brasilesta correto em relaçao aos homofobicos pois todos tem que ser respeitados da mesma forma,nao adianta bater,espancar,matar etc,issu é atitude de louco,issu so almenta as guerras entre todos.

    5º)as justificativas de todos os grupos é a mesma,medo de se expor na sociedade,pois esta fora dos padroes e normas da sociedade.

    ResponderExcluir
  30. Eudla Melo 3º F Tarde nº 1111 de junho de 2010 18:15

    1ª A palavra homofobia é de origem grega e quer dizer: homo=igual, Fobia=medo e foi criada pelo psicólogo George Weinberg em 1971. éssa expressão é usada para nomear queles que tem algum preconceito ou até medo com relação ao homosexualismo.
    2ª A homofobia surge apartir do preconceito aos homosexuais e muitas vezes e cada dia mais esse preconceito é externado atravá de agressões físicas e verbais aos mesmos.
    3ª Graças a Deus não, nem sei como reagiria nessa situação, mas provavelmente não ficaria quieta diante dessa injustiça.
    4ª Esse projeto foi iniciado na Câmara dos Deputados, de autoria da deputada Iara Bernardi e que ali tramitou com o número 5003/2001, que na redação já aprovada propunha, além da penalização criminal, também punições adicionais de natureza civil para o preconceito homofóbico, como a perda do cargo para o servidor público, a inabilitação para contratos junto à administração pública, a proibição de acesso a crédito de bancos oficiais, e a vedação de benefícios tributários.
    Deviam mesmotomar providências mais 'firmes' neste caso, pois a violência pela qual os homosexuais passam é real, tá na hora das leis serem reais também.
    5ª Para imprimir uma espécie de identidade a seus atos insanos, alguns deles se escondem atrás de nomes bizarros que batizam suas facções. Fala-se muito em punks e skinheads, mas as ações mais violentas são registradas, principalmente, em São Paulo, pelas gangues denominadas Carecas do ABC, Carecas do Subúrbio, Ameaça Punk, Vício Punk, Devastação Punk, Phuneral Punk, Front 88, Impacto Hooligan, Brigada Hooligan, Anarco Punk e White Power.
    Alguns usam a religião, outros dizem estar tentando acabar com essa "doença" que está de espalhando, outros simplismente se sentem ofendidos apenas com a existência dessas pessoas, enfim, usam de motivos absurdos para cometer esses atos de violência contra os homosexuais...

    ResponderExcluir
  31. Harlyson Alves Belarmino Nº 21 noite 3ª J26 de agosto de 2010 19:56

    1ª A palavra homofobia é de origem grega e quer dizer: homo=igual, Fobia=medo e foi criada pelo psicólogo George Weinberg em 1971. éssa expressão é usada para nomear queles que tem algum preconceito ou até medo com relação ao homosexualismo.

    2ªa homofobia vem do preconceito,pessoas que nao respeita os homossexuais que sentem nogo ou ate medo.

    3ªeu nunca presenciei tal fato mas se visse nao faria nada nao me meteria na confusao dos outros.

    4ªAs leis sobre homfobia no brasil funcionam so no papel por que napratica a realidade e outra.

    5ªReligiosos tem preconceito contra homofobicos,alguns poiliticos.

    ResponderExcluir
  32. Allan Eden Ferreira da Rocha e SUSAN CRISTINA MARTINS26 de agosto de 2010 20:00

    NOME: ALLAN EDEN FERREIRA DA ROCHA

    NOME : SUSAN CRISTINA MARTINS

    SERIE: 3 ano j
    1º)homofobia é a junsao da palavra homo=igual,fobia=do grego=medo,foi criado pelo psicologo Geoge Weinberg em 1971,combinando as palavras em relaçao ao homossexual

    2-a sociedade de hoje em dia é vivida por regras ou normas nas quais os homossexuais nem sempre se encaixam, com isso surgi muito preconceito contra o DIFERENTE as vezes até por não cochecer o mundo de uma pessoa homossexual. 3° Eu já presenciei pequenas atitudes descriminatorias, mas nada que uma boa conversas
    4° Perante a Contituição Homofobia é crime. Na mesma, proibe quaiquer tipo de discriminação. Assim deixa subtendido que discrinar pessoas por sua opçao sexual, raça, etina, etc é crime.

    5. Há diversos grupos políticos ou culturais que se opõem à homossexualidade. Geralmente os conceitos que eles usam é que não consideram o comportamento recomendável.

    ResponderExcluir
  33. Allison nº05 Tiago nº42 3º ano J26 de agosto de 2010 20:10

    3º ano j Allyson da Silva Pereira nº 05 Tiago Chaves da Silva nº42 1-Homo=Igual Fobia=Dor, medo 2-A discriminação de algumas pessoas q infelismente não sabem compreendeer e respeitar a opinião de outra pessoa. 3-Não. 4-É pois por gerar constragimento e as vezes até agressão física e psicológica, acabam querendo ou não tirando o direito de ir e vir. 5- Skin reds grupos políticos ou culturais, preconceito contra pessoas hoafetiva.

    ResponderExcluir
  34. winy passos de paula n-43 roberlene dos santos medeiros n-35 serie-3j26 de agosto de 2010 20:11

    1- homofobia siginfica o medo de gostar do mesmo sexo e sofrer descriminação.
    2- é a discriminação da sociedade,com relação aos homossexuais,pelo fato de serem diferentes do que seria normal na sociedade.
    3- não nenhuma
    4-os homofobicos pois todos tem que ser respeitados da mesma forma que qualquer pessoa ,independe da sua opção sexual.
    5-independente da esco0lha sexual,religiosa
    etc,, somos todos seres humanos e merecemos respeito por igualdade ,...

    WINY PASSOS DE PAULA N-43
    ROBERLENE DOS SANTOS MEDEIROS N-35
    SERIE:3ano J

    ResponderExcluir
  35. Karla Kelly 3º J noite26 de agosto de 2010 20:12

    Karla Kelly 3º J noite 1º:A palavra homofobia é de origem grega e quer dizer: homo=igual, Fobia=medo e foi criada pelo psicólogo George Weinberg em 1971. éssa expressão é usada para nomear queles que tem algum preconceito ou até medo com relação ao homosexualismo.
    2º Surgi aparti da falta de respeito para com o proximo.
    3º Nunca presenciei..
    4º Pra falar a verdade não precisava de usa da lei se as pessoas se resteitassem,mais como não existe respeito entre nos seres humanos tem que apelar pra lei..
    5º existem grupo politicos e culturais são grupos de diversos preconceitos...

    ResponderExcluir
  36. Karla Kelly Nº44 3º j

    ResponderExcluir
  37. Bruna Luiza nº 13; Adalberto Junior nº 0126 de agosto de 2010 20:15

    1-A palavra homofobia é de origem grega e quer dizer: homo=igual, Fobia=medo e foi criada pelo psicólogo George Weinberg em 1971. éssa expressão é usada para nomear queles que tem algum preconceito ou até medo com relação ao homosexualismo.
    2-A homofobia surge apartir do preconceito aos homosexuais e muitas vezes e cada dia mais esse preconceito é externado atravá de agressões físicas e verbais aos mesmos.
    3- agressão física nenhuma, só verbal.
    4-Perante a Contituição Homofobia é crime. Na mesma, proibe qualquer tipo de discriminação. Assim deixa subtendido que discrinar pessoas por sua opçao sexual, raça, etina, etc é crime.
    5-Para imprimir uma espécie de identidade a seus atos insanos, alguns deles se escondem atrás de nomes bizarros que batizam suas facções. Fala-se muito em punks e skinheads, mas as ações mais violentas são registradas, principalmente, em São Paulo, pelas gangues denominadas Carecas do ABC, Carecas do Subúrbio, Ameaça Punk, Vício Punk, Devastação Punk, Phuneral Punk, Front 88, Impacto Hooligan, Brigada Hooligan, Anarco Punk e White Power.
    Alguns usam a religião, outros dizem estar tentando acabar com essa "doença" que está de espalhando, outros simplismente se sentem ofendidos apenas com a existência dessas pessoas, enfim, usam de motivos absurdos para cometer esses atos de violência contra os homosexuais.

    ResponderExcluir
  38. jamilly Silva da Costa n 24 serie-3 ano J noite26 de agosto de 2010 20:16

    Jamilly Silva da Costa n 24 serie 3 ano J Noite
    Resposta
    1.Homofobia é de origem grega e significa homo=igual
    e fobia= medo.Ou seja todo ato de discrinação, medo e violência exemplificam esse termo que foi criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual".

    2.A realidade com que o individuo se depara perante a sociedade e o meio com ele se relaciona pode ser uma das causas.Viver nos padrôes que a sociedade exige hoje se tornou regra e ao ver as diferenças causa o pré-conceito.

    3.Agressôes físicas nunca presenciei, mais a exclusão de pessoas de determinados circulos de amizade e escola já.De minha parte fiz diferente sempre aceitei as pessoas como elas são, cada um com a sua opção e conceito.

    4.Concordo com a lei, ninguém tem o direito de agredir, humilhar, excluir e muito menos matar os outros pelas escolhas que fazem.Vivemos num mundo hoje de liberdade e evolução e temos de evoluir também o nosso modo de pensar, o amor é um direito de todos!

    5.Grupos politicos culturais que justificam suas abitrariedades, por se conciderarem um padrão social que fexam os olhos pra realidade que acham que você não pode amar alguém semelhante a você.

    ResponderExcluir
  39. Rita de Cássia 3° j noite26 de agosto de 2010 20:18

    1ª Homo- signifiga igual, e Fobia- vem de medo,mas nesse caso, ele indica aversão, ódio ou discriminaçõa.

    2ª É gerada por pessoas que tem preconceito pelo o que é diferente. Vivemos em uma sociedade que preza regras, e se esquece que todos somos seres humanos, independentemente de opção sexuaL.

    3ª Nunca presenciei atidudes graves de homofóbicos, mas, se presencia-se, iria procurar ajuda, pois ninguém de ve sofrer agreções por uma escolha própia. Temos que entender que a partir do momneto em que decido como vou viver ninguém tem o direito de me critícar.

    4ª A lei brasileira está tentando mostrar que homobobia é crime, hoje em dia essa discurção foi parar nas camaras de deputados que tentem mostrar que esse tipo de agreção vai contra as leis da humanidade.

    5ªbullying,grupos políticos.

    ResponderExcluir
  40. antonia otaciana soares do nascimento n*07 3 ano j noite27 de agosto de 2010 16:22

    1-a palavra é HOMO:igual
    FOBIA:medo,entao seria medo ou descriminação contra os homossexuais.Essa palavra é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual"

    2-É gerada por pessoas que tem preconceito pelo o que é diferente. Vivemos em uma sociedade que preza regras, e se esquece que todos somos seres humanos, independentemente de opção sexuaL

    3-nunca vie

    A lei brasileira está tentando mostrar que homobobia é crime, hoje em dia essa discurção foi parar nas camaras de deputados que tentem mostrar que esse tipo de agreção vai contra as leis da humanidade.

    5-ha um preconceito por eles mesmos pois,eles ja sabem que vão ser apontados.não existe um erro genetico,DEUS nunca faz algo imperfeito somos presas dos nossos proprios pecados,ñ existe o preconceito existe pessoas que lutam por algo que ñ existe.O MUNDO HOJE ESTAR COMO SODOMA E GOMORRA.onde o pecado se tornou algo normal.

    ResponderExcluir
  41. ROSILENE RODRIGUES SILVA 3º ano J NOITE N 37 28/08/2010
    1)homofobia significa medo em geral.jáfobia seria um medo irracional de algo.porem fobia neste termo é empregado,não só como medo geral,mais também como aversão ou repulsão em geral, qualquer que seja o motivo.

    2)É gerada pelo medo de ser criticado pelos amigos, familia e principalmente pela sociedade que querondo ou não os condenam pelo fato de terem opções sexuais difete digamos assim do normal.por medo do novo, porque para eles é estranho.

    3)Nunca presencei nenhum tipo de manifestação homofobica. Mais tenho um amigos gays, e conheço um que é gay mais não si revela por causa mãe e da irmã, que talves desconfe mais não queira acreditar.mais não deixa de ser uma manistação homofobica.

    4)A lei brasileira mostra que homofobia é crime.Hoje a discurção foi para na camara que estão tentando mostra que esse tipo de agreção vai contra os direitos do ser humano.

    5)Grupos politicos ou culturais, dependendo da cultura das pessoas ou pesasmentos, agem com preconceito contra os homossexuais.

    ResponderExcluir
  42. ROSILENE RODRIGUES SILVA 3º ano J NOITE N 37 28/08/2010
    1)homofobia significa medo em geral.jáfobia seria um medo irracional de algo.porem fobia neste termo é empregado,não só como medo geral,mais também como aversão ou repulsão em geral, qualquer que seja o motivo.

    2)É gerada pelo medo de ser criticado pelos amigos, familia e principalmente pela sociedade que querondo ou não os condenam pelo fato de terem opções sexuais difete digamos assim do normal.por medo do novo, porque para eles é estranho.

    3)Nunca presencei nenhum tipo de manifestação homofobica. Mais tenho um amigos gays, e conheço um que é gay mais não si revela por causa mãe e da irmã, que talves desconfe mais não queira acreditar.mais não deixa de ser uma manistação homofobica.

    4)A lei brasileira mostra que homofobia é crime.Hoje a discurção foi para na camara que estão tentando mostra que esse tipo de agreção vai contra os direitos do ser humano.

    5)Grupos politicos ou culturais, dependendo da cultura das pessoas ou pesasmentos, agem com preconceito contra os homossexuais.

    ResponderExcluir
  43. Felipe Rodrigues de Oliveira. nº 17 3º J Noite.29 de agosto de 2010 13:33

    1. A palavra Homofobia significa medo ou aversão a pessoas homossexuais, uma especie de fobia.
    Homo= Igual, Fobia= medo, aversão. A palavra Homofobia foi criada pelo psicólogo George Weinberg, em 1971.

    2.A homofobia é gerada por pessoas ignorantes que não sabem conviver com "o diferente".Devido também au padão estipulado pela sociedade, se fugir desse padão a sociedade passa a ver com outros olhos, "de discriminação".

    3.Podemos perceber isso nas salas de aula, no onibus.Pessoas homossexuais são dachados por apelidos constrangedores devido sua sexualidade. Quando presencio não costumo me meter.

    4.Assim como a maioria das leis brasileiras, a lei da homofobia não é bem praticada, ou seja fica mais no papel do que na prática, pois o preconceito é bastante forte na sociedade. Mas entretanto já é uma conquista para os homossexuais!

    5.São grupos políticos e culturais, alguns religiosos, a justificativa é justamente por que foge do normal, ferem os olhos da sociedade! São tidos como pessoas doentes!

    ResponderExcluir
  44. MARIA NELIDA ALVES LEITE, N° 28, 3° J - NOITE

    1. A palavra Homofobia significa homo=igual fobia=medo, que é um termo utilizado para identificar o ódio, a aversão ou a discriminação de um pessoa contra homossexuais e que pode incluir formas sutis, silenciosas e preconceitos.

    2. O que gera a homofobia é a população, amigos ou familiares não aceitarem a opção sexual que cada um tem, portanto isso leva ao ódio, ao rancor e a exclusão do meio familiar, por muitas vezes.

    3. Já presenciei vários casos, tenho amigos e conhecidos homossexuais, mais a familia aceitou, não tem preconceito nem discriminação, no começo foi assustador, mais não poderiam dizer que é certo ou errado, já que cada um faz a sua escolha.

    4. Na lei brasileira existe uma lei, na qual é proibido a discriminação e o preconceito seja pela cor, raça, idade ou sexo.

    5. Há muito preconceito seja na politica, na cultura ou na religião.
    N apolitica, por eles excluirem os homossexuais como pessoas humanas.
    Na cultura por depender da sua opção sexual.
    e na religião, por dizerem que eles não sabem o que fazem, que isso não é coisa de Deus.
    Certo não é! Mais do que adianta a gente discriminar, ter preconceito e tudo mais, cada um faz a opção que desejar.

    ResponderExcluir

Respeite as diferenças. Lembre-se: todos são iguais perante a lei. Preconceito é crime. Seja legal.

Respeite as diferenças. Lembre-se: todos são iguais perante a lei. Preconceito é crime. Seja legal.