sábado, 12 de maio de 2012

GUERRA FRIA ( 1945-1991)











O HOMEM QUE EVITOU A 3ª GUERRA


Link sobre o o documentário ENTRE MUROS -  MURO DE BERLIM



RESOLVA AS QUESTÕES DE FORMA CRÍTICA. UTILIZE SUAS PALAVRAS.


1- "Existem hoje, sobre a terra, dois grandes povos que, tendo partido de pontos diferentes, parecem adiantar-se para o mesmo fim: são os americanos e os russos. (...) Para atingir a sua meta, o primeiro apoia-se no interesse pessoal e deixa agir, sem dirigi-las, a força e a razão dos indivíduos. O segundo concentra num homem, de certa forma todo o poder da sociedade. Um tem por principal meio a liberdade; o outro, a servidão. O seu ponto de partida é diferente, os seus caminhos são diversos; não obstante, cada um deles parece convocado, por um desígnio secreto da Providência, a deter nas mãos, um dia, os destinos da metade do mundo". (Alexis de Tocqueville, A DEMOCRACIA NA AMÉRICA, 1835) Comente este texto publicado há mais de um século e meio.

2- "Um dos exemplos do estado de pânico total que dominou a sociedade norte-americana naqueles anos iniciais da década foi a cruzada anticomunista que levou o nome de Macarthismo por causa do senador Joseph MacCarthy." (Dea Fenelon, A GUERRA FRIA,1983) Explique o que foi o Macarthismo e as suas relações com a Guerra Fria.
3- Na fase Pós-Guerra emergiram e se consolidaram dois grandes blocos rivais, liderados pelos EUA e a URSS, originando a Guerra Fria.
a) Discorra sobre as diferenças, apenas do ponto de vista econômico, entre capitalismo e socialismo.
b) Apresente os nomes dos países onde o socialismo chegou a ser questionado através do Sindicato Solidariedade, da perestroika e da repressão às manifestações na Praça da Paz Celestial.

4- "O monopólio da bomba atômica, cujo poder de destruição fora demonstrado em Hiroshima e Nagasaki, deu aos Estados Unidos a temporária ilusão de que seriam os senhores exclusivos do mundo (...) A penetração da ciência nos segredos da desintegração do átomo passou a influenciar as relações internacionais." A partir do texto, esclareça como se chegou:
a) ao equilíbrio do terror nuclear;
b) à coexistência pacífica.

5- Os recentes acordos para a diminuição das armas estratégicas de longo alcance afastam as campanhas histéricas e o perigo de um confronto bélico catastrófico. Quando se analisam as origens da denominada Guerra Fria, percebe-se que ela se relacionou inicialmente com:
a) a política do desarmamento nuclear e o enfrentamento militar direto entre as duas superpotências.
b) a instalação de rampas de lançamento e a retirada dos mísseis soviéticos de Cuba.
c) o fim da Guerra do Vietnã e o apoio norte-americano aos "contras" da Nicarágua sandinista.
d) a ascensão de Mikhail Gorbatchev na URSS e sua política de Glasnost.
e) o envolvimento dos governos inglês e norte-americano na elaboração de um discurso responsabilizando o comunismo como terrível ameaça ao mundo livre.

6- Guerra improvável, paz impossível." Em que esta frase de Raymond Aron ilustra as relações americano-soviéticas de 1945 a 1989?
7- A partir da Perestroika, presenciamos um processo de abertura no leste europeu que vem modificar uma divisão de poderes entre as grandes potências, estabelecidas desde o final da Segunda Guerra Mundial. A reunificação das duas Alemanhas é parte importante destas transformações, pois modifica um regime de equilíbrio vigente há quase cinquenta anos. Em que condições históricas a Alemanha foi dividida? Quais as consequências, para a política mundial, dessa divisão do mundo em dois blocos de poder?

8- Durante a presidência de Harry Truman (1945-53), criou-se a Doutrina de Segurança Nacional, cujo objetivo era conter o avanço do comunismo no mundo. Na Europa, adotou-se o Plano Marshall. Na América Latina, os Estados Unidos buscaram uma política de alianças, cuja expressão foi o(a):
a) Pacto Andino.
b) Tratado Interamericano de Assistência Recíproca.
c) Tratado de Bryan-Chamorro.
d) Tratado de Guadalupe-Hidalgo.
e) Primeira Conferência Pan-Americana.

9- No início da década de 60, o arsenal nuclear à disposição das grandes potências era suficiente para destruir a humanidade, caso fosse utilizado em uma situação de confronto. Ao assumir o governo, o Presidente Kennedy (1961-63) defendeu a substituição da política externa norte-americana de confronto por uma de entendimento com a URSS, cujo objetivo era o desarmamento gradual das duas superpotências. Esse programa do governo Kennedy foi conhecido como:
a) Doutrina Drago.
b) Doutrina Monroe.
c) Corolário Roosevelt
d) Nova Fronteira.
e) Política de Boa Vizinhança.

10- Uma terceira guerra mundial não é impossível, e sobretudo por causas todas muito más, todas mal pensadas", afirma Jean-Paul Sartre em sua última entrevista (1980). Tal receio liga-se às tensões vividas nas décadas de 1960/70, as quais abalaram a tênue paz mundial e evidenciaram os profundos desequilíbrios sociais. Sobre esse período, é correto afirmar que:
(01) O cenário político europeu dos anos 60 foi marcado pelo movimento estudantil francês de maio de 1968, que levou à renúncia de De Gaulle e à forte reação burguesa, elegendo o conservador Georges Pompidou.
(02) A Europa foi abalada pela invasão da Tchecoslováquia por parte das tropas do Pacto de Varsóvia, que puseram fim à "Primavera de Praga" e impediram que aquele país abandonasse os trilhos do comunismo.
(04) A criação da OTAN e do Pacto de Varsóvia, que aprofundou a divisão da Europa em dois grandes blocos antagônicos, ocorreu nesse período.
(08) O cenário norte-americano, por sua vez, foi marcado pelas reações públicas à política de Lyndon Johnson e de Richard Nixon no Vietnã, sobretudo em decorrência da desastrosa campanha militar no Sudeste asiático. Os conflitos raciais nos Estados Unidos da América atingiram seu auge, e o movimento negro pela defesa da cidadania perdeu seu principal líder, Martin Luther King, assassinado em 1968. (16) A América Latina foi assolada por uma série de golpes militares. No Chile, por exemplo, o presidente Salvador Allende foi deposto pelo golpe comandado pelo general Augusto Pinochet, que, de modo violento, acabou com as liberdades democráticas. Soma = ( )

11- No contexto da bipolarização comandada pelos Estados Unidos da América e União Soviética, levantou-se na Alemanha, em 1961, o "Muro de Berlim". Em 1989 ele foi derrubado. Qual o significado da sua construção e de sua queda, para o cenário internacional?



12- Considere os excertos a seguir. I. "As crises políticas e sociais nos países liberados (da dominação nazista), proporcionavam aos russos uma excelente oportunidade para influir na transformação de seus regimes políticos." II. "Com este Plano, adotado entre 1948 a 1952, e que consistia na aplicação maciça de capitais norte-americanos na reconstrução europeia, pretendia-se conter a ameaça comunista e consolidar a influência dos Estados Unidos na Europa Ocidental." III. "A Grande Depressão (...) levou a Europa a revisar não apenas seu papel de economia periférica face às nações industriais do Atlântico sul, mas, igualmente, sua crença nos padrões de transformação econômica sem o recurso à prática revolucionária levada a cabo na União Soviética." Os problemas políticos e estratégicos que resultariam na chamada Guerra Fria tiveram sua origem ainda nas relações entre os Aliados durante a Guerra, mas foi somente no fim dos anos 40 que assumiram sua forma mais característica. Estes problemas estão identificados em:
a) apenas II
b) apenas I e II
c) apenas I e III
d) apenas II e III
e) I, II e III







9 comentários:

  1. A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética vão disputar a hegemonia política, econômica e militar no mundo.

    A União Soviética possuía um sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único (Partido Comunista), igualdade social e falta de democracia. Já os Estados unidos, a outra potência mundial, defendia a expansão do sistema capitalista, baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.A Alemanha por sua vez, aderiu o Plano Marshall para se restabelecer, o que fez com que a União Soviética bloqueasse todas as rotas terrestres que davam acesso a Berlim. Desta forma, a Alemanha, apoiada pelos Estados Unidos, abastecia sua parte de Berlim por vias aéreas provocando maior insatisfação soviética e o que provocou a divisão da Alemanha em Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental.
    dupla:Lucas e Debora do 9ano ifjps

    ResponderExcluir
  2. Guerra Fria é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991). Em resumo, foi um conflito de ordem política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre as duas nações e suas zonas de influência.

    Uma parte dos historiadores defende que esta foi uma disputa entre o capitalismo, representado pelos Estados Unidos e o socialismo, defendido pela União Soviética (URSS). Entretanto, esta caracterização só pode ser considerada válida com uma série de restrições e apenas para o período do imediato pós-Segunda Guerra Mundial, até a década de 1950. Logo após, nos anos 1960, o bloco socialista se dividiu e durante as décadas de 1970 e 1980, a China comunista se aliou aos Estados Unidos na disputa contra a União Soviética. Além disso, muitas das disputas regionais envolveram Estados capitalistas, como os Estados Unidos contra diversas potências locais mais nacionalistas.

    É chamada "fria" porque não houve uma guerra direta ou seja bélica, "quente", entre as duas superpotências, dada a inviabilidade da vitória em uma batalha nuclear. A corrida armamentista pela construção de um grande arsenal de armas nucleares foi o objetivo central durante a primeira metade da Guerra Fria, estabilizando-se na década de 1960 até à década de 1970 e sendo reativada nos anos 1980 com o projeto do presidente estadunidense Ronald Reagan chamado de "Guerra nas Estrelas".
    nome:Gustavo Henrique Bueno Braga
    serie:9° ano
    numero:12

    ResponderExcluir
  3. A Guerra Fria foi uma disputa de modo indireto entre as super potências URSS e EUA, onde não resultou em confrontos diretos.A falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do socialismo no final da década de 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são reunificadas.

    Nome: Luiza Vitória(21) Ingred Silva(14)
    Série: 9° ano
    IFJPS

    ResponderExcluir
  4. A guerra fria foi um enfraquecimento das grandes potencias europeias.Também muitas siglas usadas nos dias de hoje tiveram o surgimento no tempo da Guerra Fria;comoa FMI BIRD e outras.

    ResponderExcluir
  5. A Guerra Fria, começou logo após a Segunda Guerra Mundial em 1945 e a extinção da União Soviética em 1991, é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, disputando a hegemonia política, econômica e militar no mundo.
    O ponto principal da Guerra Fria foi a propagação dos sistemas político-econômicos existentes, de um lado o capitalismo, liderado pelos Estados Unidos, e do outro, o socialismo, liderado pela URSS. Sendo as duas maiores potências mundiais que constituíam o mundo bipolar.
    Ao fim da Segunda Guerra Mundial, a União Soviética aplicou grande esforço para a expansão do socialismo na Europa , além de países do continente africano e asiático. Tal iniciativa se espalhou como uma ameaça para seu rival, os EUA.

    A maior preocupação de ambos estava relacionada à questão da predominância de uma das influências, que poderia significar a hegemonia de uma potência sobre a outra, esse temor elevou ainda mais a rivalidade entre eles. A década de 1990 foi marcada pelo fim da Guerra Fria e também da divisão do mundo em dois blocos ideológicos.

    Nomes:Lara Nery ,Mariana Costa,Rebeca Ribeiro ,Rosely Souza.
    Instituto Frei João Pedro de Sexto
    9°ano

    ResponderExcluir
  6. Mara 9º ano nº 2214 de agosto de 2012 09:41

    Guerra fria foi a disputa entre o socialismo e capitalismo.O momento em que Hitler queria implantar o nazismo e o socialismo queria promover a paz e a igualdade entre as pessoas.O capitalismo venceu,mas o socialismo foi uma boa ideia com boas propostas,mas não saiu dos planejamentos! Vivemos num mundo extremamente capitalista e que só tem valor aqueles que tem dinheiro os que não tem são menosprezado.
    A Era Vargas é o nome que se dá ao período em que Getúlio Vargas governou o Brasil por 15 anos ininterruptos (de 1930 a 1945). Essa época foi um divisor de águas na história brasileira, por causa das inúmeras alterações que Vargas fez no país, tanto sociais quanto econômicas.

    ResponderExcluir
  7. A Guerra Fria consisti em uma disputa somente de ameaças entre o lado comunista, liderado pela URSS, e o lado capitalista,liderado pelo EUA.
    Inicialmente a URSS estava "na frente" na disputa pelo poder, já que seus armamentos eram mais avançados do que os do lado do EUA, ganhando assim a Guerra do Vietnã.
    Em 1949, foi criado o primeiro grupo da Bipolaridade, a OTAN. formada pelos Estados Unidos, Portugal, Espanha, ect.
    Mas com a entrada da Alemanha ocidental para a OTAN as coisas se inverteram. O poder bélico do capitalismo aumentou drasticamente, deixando do comunismo pra trás.
    Não satisfeitos, começou entre esses mesmos lados a Corrida Armamentista e Espacial, onde disputavam quem tinha as melhores e maiores armas e quem tinha tecnologias mais avançadas com relação oa espaço.
    Mas a obsessão por estar a frente foi grande demais para a União Soviética. o dinheiro investido ultrapassou o limite e faltou pra outras áreas essenciais como saúde, educação e alimentação. A população, revoltada, protestou assiduamente. O atual líder abdicou o cargo. Mas a situação já estava grave demais para que resolvesse de imediato.
    Depois de bombas lançadas e testadas, ameaças feitas, planos não cumpridos foi restabelecido a paz novamente. em 1998, um acordo foi feito entre as partes e a Guerra Fria acabou, apesar de oficialmente só ter-se encerrado em 1990.

    Nome: Ana Carolina Vieira Mesquita
    Série: 9º
    nº: 3
    IFJPS

    ResponderExcluir
  8. Andressa Araujo, nº 4, Gabriella Peixoto nº 23 IFJPS 9º ano,16 de agosto de 2012 19:59

    A Guerra Fria foi um confronto entre duas grandes potências, URSS e EUA. A URSS era a favor do Socialismo que pregava uma sociedade igualitária, já os EUA era capitalista, como o próprio nome diz, são pessoas totalmente ligadas ao capital, ao consumo, ao dinheiro. Em 1961 foi criado o Muro de Berlim que impedira todas as vias de acesso terrestre ao lado ocidental de Berlim, pela URSS. A potência vencedora foi os EUA que até hoje domina o país com uma sociedade altamente capitalista.

    ResponderExcluir
  9. A Guerra Fria houve muitos momentos em época,uma delas foi o final da Segunda Guerra Mundial que teve o enfraquecimento das grandes potências européias,emergência de duas grandes potências (Bipolaridade): EUA pelo capitalista e a URSS pelo comunista. Esse foi um dos vários movimentos históricos ocorrido nesta Guerra Fria. História da Guerra Fria, corrida armamentista, OTAN e Pacto de Varsóvia, Macartismo, Guerra da Coréia,
    Guerra do Vietnã, corrida espacial, Plano Marshall, Queda do Muro de Berlim, "Cortina de Ferro".
    EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia uma certa disputa entre as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado. No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço. Doze anos depois, em 1969, o mundo todo pôde acompanhar pela televisão a chegada do homem a lua, com a missão espacial norte-americana.


    NOME:Antonio Everson.
    SÉRIE:9ªano.
    IFJPS. nª:06.

    ResponderExcluir