quarta-feira, 20 de setembro de 2017

IMAGENS DO CANGAÇO

 FOTOS DE ABRAÃO BENJAMIM

SOBRE O CANGAÇO CLIQUE AQUI

Adília, companheira do cangaceiro Canário, e Sila, companheira de Zé Sereno,grávida Abrahão, Benjamin

O bando do cangaceiro Gato, quinto da esquerda para a direita; o último à direita é o cangaceiro Canário. Abrahão, Benjamin

Os bandos de Lampião, Juriti e Luis Pedro, com Nenê
Abrahão, Benjamin

Benjamin Abrahão com Maria Bonita e Lampião
Abrahão, Benjamin

O cangaceiro Corisco e Dadá, sua companheira, com a cachorra Jardineira
Abrahão, Benjamin

O cangaceiro Gato e sua companheira, Inhacinha
Abrahão, Benjamin

O cangaceiro Pancada, Maria, sua companheira, e Atividade
Abrahão, Benjamin

Corisco e Dadá com bando de cangaceiros em posição de tiro
Abrahão, Benjamin

Corisco e Dadá com bando de cangaceiros em posição de tiro
Abrahão, Benjamin

José Rufino (segundo a esquerda) e membros da volante do estado da Bahia
Abrahão, Benjamin

Juriti e Lampião
Abrahão, Benjamin

Lampião
Abrahão, Benjamin, 1936

Lampião
Abrahão, Benjamin, 1936

Lampião e seu bando em posição de tiro
Abrahão, Benjamin, 1936

Lampião, Maria Bonita, o fotógrafo Benjamin Abrahão e outros cangaceiros
Abrahão, Benjamin, 1936

 Maria Bonita
Abrahão, Benjamin, 1936

Maria Bonita
Abrahão, Benjamin, 1936

Maria Bonita e Lampião com seu bando de cangaceiros
Abrahão, Benjamin, 1936

Membros de volantes no estado da Bahia
Abrahão, Benjamin, 1936

Membros de volantes no estado da Bahia
Abrahão, Benjamin, 1936

Fonte: http://brasilianafotografica.bn.br/brasiliana/

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

A ÉTICA E A COLA NA SALA DE AULA



No decorrer do ano letivo é comum o aluno passar por um assunto muitas vezes discutido: A ética. Indagações são feitas tais como: O que é ser ético? O que é ética? Dentre outros questionamentos e ideologias estudadas.

            A ética é daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar, quando pergunta.”

            Não se satisfazendo com essa definição, surge uma inquietude que se faz necessário verificar a história da palavra. Etimologicamente, ela é originada do grego ethos, que significa modo de ser ou o caráter. Em Filosofia, a ética significa o que é bom para o indivíduo e para a sociedade. É uma conduta humana que se qualifica como bem ou mal e muitas vezes é associada com a moral.
            Lançam-se mais duas perguntas, mas estas devem ser respondidas no fórum íntimo de cada um:

1.      Até que ponto comprometo a minha ética quando realizo a prática da cola, no processo de avaliação ?
2.      Deixo de agir com ética quando forneço a resposta da avaliação ao meu colega de classe?

     Antes de responder é preciso entender que a busca do conhecimento, por definição, envolve COMPROMISSO e RESPONSABILIDADE. Para tanto, se o aluno pratica a cola, além de negar o seu compromisso com seu saber, se comporta de maneira irresponsável com o seu futuro profissional e consequentemente deixa de ter uma atitude e uma postura ética. É válido destacar que a ética, neste caso, está vinculada a outro valor positivo para a sociedade: A HONESTIDADE. Portanto é preciso reforçar a ideia de que a cola é uma atitude negativa e pode se tornar VICIOSA E PREJUDICIAL, na formação de valores e princípios éticos.


A “COLA” NA ESCOLA É A PRÁTICA DE CONSULTAS ÀS ESCONDIDAS DE IDEIAS E RESPOSTAS ALHEIAS NAS SITUAÇÕES DE AVALIAÇÃO.



      Há basicamente dois tipos de cola : a individual, onde envolve somente o aluno que se utiliza de métodos próprios ( papeizinhos escondidos, mensagem de celular, fone de ouvido, etc) e a cola de parceria , onde um aluno passa a informação para um ou mais colegas .

     Vários professores se queixam destas práticas fraudulentas dos alunos e contam com um grande problema : o formato de  salas de aula lotadas contribuem para a prática da cola .  O aluno se vale desta situação e usa e abusa dos descuidos dos professores para ampliar sua nota na avaliação.

     Estudos mostram que muitos alunos que passam a cola , querem , na verdade demonstrar um ar de superioridade na sala de aula , uma vez que são sempre solicitados por seus colegas que muitas vezes se submetem para obter a cola…  PASSAR COLA É TÃO GRAVE QUANTO COLAR : ATRAPALHA O DESENVOLVIMENTO DO COLEGA COLANTE.

CONSEQUÊNCIAS DO ATO DE COLAR E DE PASSAR A COLA:

        Pensar com autonomia é pensar sozinho. Contudo, quando as coisas são apresentadas de maneira finalizada ou concluída, isso leva o sujeito que não foi educado a questionar e a refletir criticamente ao CONFORMISMO. Com a atitude da cola acontece a mesma coisa, o aluno “COLANTE” se torna inseguro e viciado nas ideias dos outros, e não se permite pensar com autonomia, ESSA PRÁTICA LEVA À DEPENDÊNCIA.

      QUEM FORNECE A COLA impede ao colega a oportunidade de aprender com criticidade, tarefa tão importante para sua formação acadêmica e profissional.

     O ALUNO viciado em COLA e conformado em receber um pensamento de outro (atores dos livros ou colegas) por meio da cola, deixa de desafiar a si mesmo e exercitar as operações de pensamento tais como: comprar, resumir, observar conceitos, classificar, organizar dados, interpretar, buscar suposições e formular hipóteses para se tornar um cárcere de si mesmo.

Vale destacar que nas relações de trabalho, indivíduo não é valorizado pelas notas que obteve na universidade, mas pelo merecimento intrínseco de competências nas suas relações. As empresas desejam pessoas equilibradas emocionalmente, com posturas éticas nos conflitos, que garantam não só a prosperidade, mas a própria integração e a solidariedade de seus colaboradores, além dos conhecimentos e habilidades adequados num curso de formação universitária. Ou seja, não adianta o aluno tentar burlar os estudos na escola, pois os verdadeiros testes e avaliações são realizados diariamente na sua vida cotidiana e quem estará lá para  passar a cola?!

         A ideia central deste texto é mostrar a urgente necessidade de novas posturas dos alunos em relação ao fenômeno da cola na sala de aula – o fato é que com a cola o aluno  finge que aprende, obtém  notas que não merece  e as recebe sem se importar com um fator importante : “a honestidade” , bem como não se importar com o valor da aprendizagem.

Dentro da nossa premissa, os alunos devem, desde já, refletir sobre a ética e a cola na sala de aula, conscientes como futuros profissionais  que precisam dar exemplos de conduta.

      O SUJEITO APRENDE PARA TER NOVAS ATITUDES E VALORES, POIS QUANDO O INDIVÍDUO APRENDE, ELE SE TRANSFORMA. 


      O papel do professor, no decorrer do processo de ensino e aprendizagem, não é ser um detetive ou investigador do “crime escolar”, pronto para descobrir as mais sofisticadas fórmulas de  cola. DE NADA ADIANTA O DOCENTE( professor)  CONFISCAR A AVALIAÇÃO DO ALUNO “QUE COLA” OU QUE PASSA A COLA E APENAS MOSTRAR AS PUNIÇÕES APLICÁVEIS PARA ESTE “DELITO” SE NÃO HOUVER UMA REFLEXÃO SOBRE O QUE É SER ÉTICO, COMO FOI INDAGADO NA INTRODUÇÃO DESTE TEXTO.

     Deve-se ter a clareza de que o papel do professor é o de educar, modificar o comportamento do aluno, levá-lo adiante, fazê-lo avançar não só em aspectos quantitativos (notas), mas também em aspectos qualitativos, isto é, desenvolver valores éticos positivos para a vida em sociedade e para o seu bem estar.


(TEXTO REELABORADO POR MARIZETE CAJAIBA - INDICADO  PARA PROFESSORES OFERECEREM A ALUNOS QUE SÃO SURPREENDIDOS COM COLA OU COLANDO OU AINDA, PASSANDO COLA)

ANÁLISE DO TEXTO:

1) Leia o texto e reescreva as ideias principais.
2) Qual a definição de cola?
3) Por que colar é uma atitude negativa  para quem cola e para quem passa a cola?
4 a) Por que o aluno passa a cola?
4 b) Por que o aluno cola ? Quais as consequências dessa atitude?
5) Que atitude deve ter um professor ao pegar alunos envolvendo situação de cola?
6) A “COLA” NA ESCOLA É A PRÁTICA DE CONSULTAS ÀS ESCONDIDAS DE  IDEIAS E RESPOSTAS ALHEIAS NAS SITUAÇÕES DE AVALIAÇÃO. Tendo em vista esta definição :
a) Cite um exemplo na vida social ( no trabalho por exemplo ) de um adulto  que poderia ser comparado a uma situação de cola na sala de aula. Avalie esta situação.
b) Faça uma definição própria para o termo “COLA” praticado na sala de aula
c) Desta forma como você analisa a sua atitude na sala de aula?
7) Crie um pequeno texto conclusivo sobre a atitude de colar e passar cola  e as consequências.



Fonte: professoramarizetecajaiba.blogspot.com.br

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

SOCIALISMO REAL: CHINA, VIETNÃ E CUBA


  • Início do século XX
  • Império Chinês governado pela dinastia QING (1641-1911)

Partilha da China
  • Território chinês dividido em 5 partes:
  1. Inglaterra
  2. França
  3. Alemanha
  4. Japão
  5. EUA
Mapa da China


CHINA: DOMINAÇÃO E RESISTÊNCIA

  • DOMINAÇÃO
- O imperador apoiava a dominação estrangeira
- A elite chinesa também apoiava a dominação estrangeira (notáveis = func. público e mandarins = chefes políticos locais)
- População: camponeses que sustentavam a elite e os estrangeiros
- O chineses eram obrigados a seguir valores e a religião ocidental (Cristianismo)

Fotografia de um funcionário governamental da dinastia Qing, 
com o quadrado de mandarim à frente.


  • REVOLTA DOS BOXERS - 1898




- CAUSA: a imposição de valores ocidentais
- QUEM ERAM OS BOXERS?  Chineses que pertenciam a seitas secretas e praticavam uma luta marcial.

Os boxers atacavam qualquer um que tivesse envolvimento ou produtos estrangeiros.

No auge da revolta, em agosto de 1900, tinham sido mortos mais 
de 230 estrangeiros e milhares de chineses cristãos por um número 
desconhecido de rebeldes e simpatizantes.

Chinês executado durante a Revolta dos Boxers

- SLOGAN: Reviver Qing e destruir o estrangeiro
- Eles pensavam que os chineses cristãos iludiam o imperador e por isso ele se revoltava contra o povo chinês.
- A revolta chegou a PEQUIM ( capital da China)
- Muitos estrangeiros foram mortos
- A família imperial apoiou o movimento
- As grandes potências reagiram e invadiram a China
- Massacraram os chineses e impuseram um tratado humilhante que os subordinava ao Ocidente


O FIM DO IMPÉRIO CHINÊS


Sun Yat-sen - fundador do Partido Nacional do Povo


  • 1900 - o médico Sun Yat-sen fundou o PARTIDO NACIONAL DO POVO = KUOMINTANG
  • 1911 - derrubaram o império chinês e proclamaram a REPÚBLICA em parte da China
  • A outra parte ficou nas mãos dos SENHORES DE GUERRA = chefes militares com exércitos particulares
  • Os Senhores de Guerra vestiam e alimentavam seu exército prestando serviço de proteção aos grandes proprietários.
  • Os grandes proprietário aumentavam os IMPOSTOS sobre camponeses
  • Isso aumentou a FOME e as REVOLTAS

IDEIAS MARXISTAS NA CHINA

Li Ta-Chao

  • Intelectuais levaram o Marxismo à China
  • Li Ta-Chao foi um deles ( profº da Universidade de Pequim, tradutor de obras marxistas)
  • Os chineses convertidos ao Marxismo:
  1. defendiam o fim da hierarquia chinesa
  2. fim da submissão da mulher
  • 1921- fundaram o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS (PCCh) 
18º  Congresso do Partido Comunista Chinês  - 2012


  • MAO TSÉ-TUNG -era um dos membros do partido
MAO TSÉ-TUNG




QUEM FOI MAO TSÉ-TUNG (1893-1976)

O vídeo abaixo foi produzido pela TV FOLHA em 2016 em comemoração aos 50 anos da Revolução Cultural Chinesa. A animação conta a história através dos olhos de Mao Tsé-tung.



Número de vítimas de guerras lideradas pelos ditadores mais sanguinários da nossa história.

  • origem camponesa
  • participou de uma organização que combatia vícios
  • defendia a emancipação da mulher
  • Em Pequim cursou Pedagogia
  • Trabalhou em uma biblioteca na qual teve contato com a literatura marxista
  • Ajudou a fundar o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • Para ele os camponeses seriam a força da REVOLUÇÃO SOCIALISTA CHINESA 
Mao com sua filha Li Nah (conhecida como Madame Mao) por volta de 1940



ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NA CHINA EM 1921
  • Eleito SUN YAT-SEN  - nacionalista
  • Se aliou a grupos políticos diferentes = COMUNISTAS
  • Venceu os senhores de guerra
  • Unificou a China

NACIONALISTA X COMUNISTAS


CHIANG KAI-SHEK

  • 1925- Morre SUN YAT-SEN
  • Assume o poder o general CHIANG KAI-SHEK = nacionalista
  • Fim da aliança com o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • O Partido Comunista ficou na ILEGALIDADE

GUERRA CIVIL (1927-1949)


Guerra Civil Chinesa - Período 1927 a 1949, com aproximadamente 7,5 Milhões de baixas



  • NACIONALISTAS (Chiang Kai-Shek) X COMUNISTAS (Mao Tsé-tung)

*SAIBA MAIS SOBRE AS GUERRAS MAIS SANGRENTAS DA HISTÓRIA AQUI


  • A LONGA MARCHA
Mao Tsé Tung na Longa Marcha


Mapa da Longa Marcha





  1. Outubro de 1934 - Mao Tsé-tung retira seu exército do território nacionalista
  2. Percorre a pé quase 10 mil km em um ano.
  3. Atravessaram montanhas, rios, desfiladeiros, pontes...
  4. Suportaram sol escaldante, neve...
  5. Travaram dezenas de combates contra o inimigo
  6. Formavam aldeias nas quais alfabetizavam e convertiam os camponeses ao Socialismo
  7. Nas cidades pagavam para obter comida, munição e roupas
  8. 1935- estabeleceram uma base de operações Yan´nan - província de Shanxi
  9. Muitos morreram e outros desertaram durante a marcha
  10. Dos 100 mil que iniciaram , somente 20 mil chegaram com vida.


A GUERRA CONTRA O JAPÃO - Guerra Sino-Japonesa


Xangai, 1937: num das mais famosas fotos da guerra, bebê chora abandonado entre os destroços da estação ferroviária da cidade, bombardeada pelos japoneses.

  • 1937- Japoneses atacam a China
  • Saquearam e humilharam a população chinesa
  • NACIONALISTA e  COMUNISTA se unem contra o JAPÃO
  • Fim da Segunda Guerra - Japão perde e deixa a China
  • NACIONALISTAS  e  COMUNISTAS recomeçam a guerra entre eles
  • Mao, formou o EXÉRCITO POPULAR DE LIBERTAÇÃO
  • Mao Tsé-tung (COMUNISTA) conquistou muitos seguidores e vence os NACIONALISTAS
  • 1949- Mao proclama a REPÚBLICA POPULAR CHINESA
  • NACIONALISTAS (Chiang Kai-Shek) foram para Taiwan (Ilha de Formosa) - instalaram lá a CHINA NACIONALISTA

Os Fliyng Tigers em base aérea chinesa.


O GOVERNO DE MAO TSÉ-TUNG (1949-1976)


  1. Estatizou grandes empresas
  2. Expropriou e distribuiu terras aos camponeses
  3. Implementou a indústria com a ajuda da URSS
  4. Concedeu as mulheres os mesmos direitos dos homens
  5. A economia apresentou altas taxas de crescimento

O GRANDE SALTO PRA FRENTE - 1958

  • Plano de MAO para transformar a China em um país desenvolvido em 15 ANOS
  • Criou COMUNAS POPULARES
China. Reeducação ideológica, processo que condenou 16 milhões de 
chineses a saírem das cidades para trabalho manual nas comunas populares. 
Data: 1979. Fonte: Em Tempo, n. 82.


Em agosto de 1958 o governo chinês decidiu estabelecer comunas populares no campo. No final de outubro do mesmo ano, existiam mais de 700 mil cooperativas de produção agrícola que dariam início a criação de mais de 26 mil comunas populares. 99% dos moradores das comunas eram agricultores.



  1. Comunidades autossuficientes
  2. 20 mil pessoas
  3. Cada comuna produzia o que precisasse (alimento, roupas, calçados, ferramentas, postos de saúde, escolas , central elétrica...
  • A economia se desorganizou - o plano não deu certo
  • Faltou alimento para os 500 milhões de habitantes da China
  • Calcula-se que 30 milhões de pessoas morreram de fome
  • O desemprego cresceu
  • O governo falsificava os números mascarando a verdadeira situação
  • A popularidade de MAO foi abalada.

Estátua de Mao de 36 metros  que custou 3 milhões de yuanes (R$ 1,834 milhão). A estátua foi destruída pois os cidadãos criticaram preferindo investir o dinheiro em educação e saúde. A estátua de Mao foi instalada em uma das províncias mais afetadas pela Grande Fome Chinesa, que deixou ao menos três milhões de mortos por inanição entre 1958 e 1961.
Fonte: Gazeta do Povo - 08/01/2016


A REVOLUÇÃO CULTURAL CHINESA

  • Primeira metade dos anos 1960
  • Desordem econômica
  • Privilégios dos altos funcionários do PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • Insatisfação popular
  • Universitários exigiam renovação dos métodos de ensino
  • Universitários queriam combater os QUATRO VELHOS:
  1. velhos hábitos
  2. velha cultura
  3. velhas ideias
  4. velhos costumes
  • 1966- MAO  se sente ameaçado e propões a REVOLUÇÃO CULTURAL (defesa da igualdade e combate aos inimigos de MAO)

REVOLUÇÃO CULTURAL


O ditador chinês Mao Tsé-tung lançou há extamente 51 anos as bases para a sua Revolução Cultural – eufemismo para um reino de terror que durou dez anos e fez três milhões de mortos, além de outras 30 milhões de outras vítimas. Saiba mais AQUI.

  1. Condenava tudo que vinha do Ocidente (jazz, rock, pintura...)
  2. Incentivo a arte realista que valorizasse operários, camponeses e soldados à exemplo da URSS
  3. Universidades foram fechadas
  4. Estudantes foram trabalhar no campo
  5. Parte dos estudantes formaram a GUARDA VERMELHA ( para reeducar o povo e eliminar a oposição ao gov. de MAO)
  6. MAO perseguiu, prendeu e castigou PUBLICAMENTE seus adversários
  7. Acusava os adversários de TRAIDORES DOS IDEAIS DA REVOLUÇÃO
  8. Publicou o LIVRO VERMELHO com os pensamentos de MAO (estudantes e operários eram obrigados a divulgar)
  9. MAO aumentou sua popularidade
  10. Perdeu o controle sobre a GUARDA VERMELHA
  11. Recuou
  12. Ordenou ao EXÉRCITO POPULAR DE LIBERTAÇÃO a desarmar a GUARDA VERMELHA
  13. Ordenou aos estudantes a voltarem às escolas e universidades
  14. Operários voltara ao trabalho
  15. 1969- restabeleceu a DISCIPLINA e HIERARQUIA
  16. MAO vence os adversários e fortaleceu seu poder.

A Revolução Cultural foi um período em que ''o sol estava mais vermelho'' e ''o mundo estava mais sombrio''. Todos tinham de estudar as palavras de Mao (Getty Images)

Baixe o livro em pdf AQUI


O VIETNÃ

MAPA DO VIETNÃ

  • ONDE? Península da Indochina (Vietnã, Laos e Camboja) - Sudeste Asiático
  • Vietnã sempre dominado por estrangeiros: (China, França)
  • Riquezas agrícolas e minerais  - interesse dos estrangeiros na região
  • Trabalhavam para os franceses de sol a sol - escravidão
  • ARROZ, BORRACHA, CHÁ, MINÉRIOS (CARVÃO)
  • Franceses não pagavam impostos e ficavam com o lucro das riquezas locais.


A LUTA CONTRA OS FRANCESES

  • 1930- Os vietnamitas organizaram vários partidos para se libertar da opressão dos franceses.
  • Destaque para o PARTIDO COMUNISTA
  • Na Segunda Guerra (1939-1945) - JAPONESES invadem a Indochina
  • Os JAPONESES expulsam os franceses e dominam o território da Indochina
  • Os VIETNAMITAS reagem. - fundam a LIGA REVOLUCIONÁRIA 
  • Líder da LIGA REVOLUCIONÁRIO: HO CHI MINH
  • Libertam o NORTE do Vietnã.  - capital = HANÓI
  • O SUL = retomado pelos franceses - partem para a reconquista do NORTE
  • Guerrilhas VIETNAMITAS X FRANCESES = vitória dos FRANCESES - BATALHA DE DIEN BIEN PHU (1954)

Tropas francesas em Dien Bien Phu observam pára-quedistas saltando 
para reforçar a sua posição contra o Vieth Minh

Um soldado da Legião Estrangeira francesa na Indochina em 1952. Ele usa muitos itens americanos como o capacete e a jaqueta camuflada. Ele usa uma submetralhadora francesa MAT 49 de 7,5 mm.

Bigeard (ao centro) conversa com dois pára-quedistas francesas em Dien Bien Phu em 1953. Saiba mais AQUI


CONFERÊNCIA EM GENEBRA (SUÍÇA) - 1954


A Conferência de Genebra de 1954 foi uma conferência realizada entre 26 de abril e 20 de julho daquele ano, e que teve lugar na cidade de Genebra, na Suíça. Seu objetivo era discutir as questões políticas pendentes na península coreana, no Vietnã.
Como resultado concreto, a Conferência de Genebra oficializou a saída francesa do Vietnã, mas fracassaram em evitar uma escalada da discórdia entre comunistas e capitalistas, naquele país asiático, contribuindo para um maior envolvimento norte-americano na questão.


  • Fim do domínio francês sobre o Vietnã
  • Vietnã dividido em 2 
  • NORTE = SOCIALISTA - líder: HO CHI MINH
  • SUL = PRÓ-CAPITALISTA - líder: NGO DINH DIEM
  • Eleições para a reunificação


A LUTA CONTRA OS ESTADUNIDENSES


Vietcongue: um exército de guerrilha da Frente Nacional de Libertação

  • SUL DO VIETNÃ - suspendeu eleições e implantou ditadura
  • Retomou as terras dos camponeses ( distribuídas na época da luta contra a França)
  • Proibiu eleições nas aldeias
1960- os vietnamitas reagem - FRENTE NACIONAL DE LIBERTAÇÃO - FNL- liderada pelos COMUNISTAS
VIETCONGUES - recebiam apoio e armas do Vietnã do NORTE e URSS
EUA apoia o SUL - CAPITALISTA


EUA NO VIETNÃ -  A GUERRA DO VIETNÃ - 1959 - 1975

  • Presidente: JOHN KENNEDY
  • Envio de armamentos e soldados para o Vietnã do SUL

  • Causas: 
  1. divergências políticas e ideológicas entre os 2 Vietnãs (desde a década de 1950)
  2. 1959- vietcongues (comunistas) apoiados por Ho Chi Minh e soviéticos
  3. atacam base norte-americana no Vietnã do Sul
  4. o conflito se restringiu somente aos 2 Vietnãs
  5. embora EUA e URSS prestasse apoio indireto
  • Início da GUERRA DO VIETNÃ (o mais longo conflito militar depois da Segunda Guerra Mundial)
  • 3 milhões de soldados dos EUA
  • Milhares de órfãos, feridos e mutilados de ambos os lados
  • Tudo televisionado
  • Protestos contra a guerra nos EUA  e em várias partes do mundo
  • Jovens dos EUA fogem do serviço militar obrigatório
  • 1973- EUA se retiram do Vietnã
  • A guerra ainda durou mais DOIS ANOS
  • SOCIALISTAS - ocuparam SAIGON (capital do Vietnã do Sul)
  • 1976 - ELEIÇÕES GERAIS no Vietnã
  • Vietnã REUNIFICADO

Família com medo durante a Guerra do Vietnã

Fotografia de 8 de junho de 1972 mostra crianças correndo após um ataque aéreo de napalm no Vietnã; ao centro, a garota Kim Phuck, de nove anos (Foto: Nick Ut/AP) A fotografia foi tirada por Huynh Cong Ut da agência Associated Press e recebeu o Prêmio Pulitzer de 1973. 

Civis e guerrilheiros mortos na Guerra do Vietnã

Civis mortos na guerra

Imagem de uma pessoa vietnamita sendo morta sem nenhum motivo

Bombardeio Estadunidense sobre o Vietnã do norte






REPÚBLICA SOCIALISTA DO VIETNÃ - 1976


  • Capital - Hanói
  • 1986- RENOVAÇÃO VIETNAMITA - política de abertura econômica
  • Estímulo a livre concorrência entre empresas
  • Abertura do mercado de investimento estrangeiro
  • Vietnã adota modelo semelhante ao da CHINA (abertura econômica + partido único)
  • 2007 -  Vietnã torna-se membro da ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE COMÉRCIO - OMC
  • EUA é o principal parceiro comercial do Vietnã
  • Vietnã é o país que mais cresce no SUDESTE ASIÁTICO

VAMOS OUVIR UM SOM!!! 

"Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones" é uma canção de rock brasileira gravada em 1967 pela banda Os Incríveis presente no álbum Para os Jovens Que Amam os Beatles, os Rolling Stones e... Os Incríveis, a canção é a versão em português escrita por Brancato Jr. (na época empresário da banda) da canção italiana C'era un ragazzo che come me amava i Beatles e i Rolling Stones de Gianni Morandi e Franco Migliacci de 1966



CUBA


  • Início do século XX - Cuba vivia da produção de AÇÚCAR (vendia aos EUA)   e o TURISMO
  • Riquezas - nas mãos de poucos ricos e dos EUA
  • O povo vivia na miséria (analfabetos, desempregados, sem assistência médica...)
  • Era governada por ditadores corruptos e violentos
  • FULGÊNCIO BATISTA - deu um golpe de Estado em 1952
  • FULGÊNCIO tinha apoio de empresários ( cassinos e prostituição)


REVOLUÇÃO CUBANA - 1953

Fidel, Che Guevara e Fulgêncio Batista

  • FIDEL CASTRO (advogado) + 120 pessoas = tentam tomar o QUARTEL DE MONCADA (em Santiago de Cuba)
  • OBJETIVO: obter armas para derrubar FULGÊNCIO BATISTA
  • FIDEL FOI PRESO: depois de 2 anos foge para o MÉXICO
  • FIDEL volta à CUBA com 82 homens X BATISTA
  • Fidel PERDEU a maior parte dos confrontos
  • Fidel inicia GUERRILHAS contra FULGÊNCIO ( se escondem nas matas de SIERRA MAESTRA - montanhas mais altas do país)
  • ERNESTO CHE GUEVARA(médico) - junta-se à FIDEL na luta contra FULGÊNCIO
  •  2 anos de luta + apoio popular (camponeses e a pop. em geral)


FIDEL NO PODER (01/01/1959)


  • Che Guevara + Fidel + Camilo Cienfuegos ( líderes)
  • Medidas tomadas por FIDEL
  1. Reforma Agrária
  2. Redução em 50% no preço dos aluguéis e medicamentos, tarifas telefônicas e eletricidade
  3. Nacionalização dos bancos e empresas estratégicas ( petróleo e eletricidade) , muitas pertenciam aos EUA


EUA REVIDAM


  • fim das relações diplomáticas com Cuba ( janeiro de 1961)
  • Fidel  declara que a revolução era SOCIALISTA  e pede ajuda da URSS
  • No dia seguinte - CIA (Agência Central de Inteligência) invade CUBA pela Baía dos Porcos
  • Os cubanos resistem e vencem
  • 1962- EUA impuseram BLOQUEIO ECONÔMICO A CUBA 


CUBA E A GUERRA FRIA


  • Fidel estreita laços com a URSS
  • Fidel permite a construção de uma BASE DE LANÇAMENTO DE MÍSSEIS NUCLEARES em Cuba
  • EUA reagem impondo BLOQUEIO AÉREO e NAVAL
  • EUA ameaçam usar armas nucleares  se a URSS continuar com o projeto
  • URSS desiste
  • CRISE DOS MÍSSEIS (setembro/outubro 1962)
  • Momento tenso da Guerra Fria (poderia gerar GUERRA NUCLEAR)

Distância das maiores cidades americanas em relação à Cuba

AS CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO CUBANA PARA CUBA


  1.  Conquistas na saúde, medicina e educação
  2. melhores condições sanitárias
  3. medicina preventiva
  4. redução de tuberculose, malária e tifo
  5. poliomielite foi erradicada - vacinação em massa
  6. construção de hospitais-escola, institutos médicos
  7. clínicas rurais
  8. queda na mortalidade infantil
  9. aumento da expectativa de vida
  10. uma das maiores taxas de alfabetização do mundo


A ECONOMIA CUBANA E O FIM DA URSS

  • 80% do açúcar cubano era vendido para a URSS e países socialistas do Leste Europeu
  • 80% do petróleo máquinas e peças vinham da URSS e Leste Europeu
  • 1991 -  FIM DA URSS
  • Cuba deixou de vender o açúcar, não recebia mais máquinas e peças
  • Cuba deixou de receber os 4 bilhões anuais da URSS (recebiam de 1962)
  • Fim da URSS + BOICOTE ECONÔMICO DOS EUA+baixa produtividade econômica = CRISE ECONÔMICA
  • Nos anos 1990, Cuba sofreu escassez de combustível, gêneros de primeira necessidade (alimentos e roupas)
  • 1995 - FIDEL faz REFORMA ECONÔMICA
  • Permite instalação de empresas estrangeiras em CUBA
  • Exigiu que o ESTADO ficasse com 50% do negócio.
  • Isso não evitou:
  1. reaparecimento da corrupção
  2. aumento da marginalidade
  3. jovens querendo sair de Cuba em busca de oportunidades
  • POLÍTICA:
  1. Continua com um só partido político
  2. Um só chefe político  - RAUL CASTRO (irmão de Fidel)
  3. Censura aos meios de comunicação
  4. Censura à Internet
  5. 2014 - EUA e CUBA -  REATAM RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS

VAMOS OUVIR UM SOM!!!

O cantor e compositor chinelo Victor Jara dedicou toda sua obra às causas sociais. Cantou a luta dos povos do mundo e homenageou grandes líderes mundiais, entre eles Fidel Castro. Nesta canção, homenageia Fidel Castro, Che Guevara e José Martí.