segunda-feira, 14 de agosto de 2017

SOCIALISMO REAL: CHINA, VIETNÃ E CUBA


  • Início do século XX
  • Império Chinês governado pela dinastia QING (1641-1911)

Partilha da China
  • Território chinês dividido em 5 partes:
  1. Inglaterra
  2. França
  3. Alemanha
  4. Japão
  5. EUA
Mapa da China


CHINA: DOMINAÇÃO E RESISTÊNCIA

  • DOMINAÇÃO
- O imperador apoiava a dominação estrangeira
- A elite chinesa também apoiava a dominação estrangeira (notáveis = func. público e mandarins = chefes políticos locais)
- População: camponeses que sustentavam a elite e os estrangeiros
- O chineses eram obrigados a seguir valores e a religião ocidental (Cristianismo)

Fotografia de um funcionário governamental da dinastia Qing, 
com o quadrado de mandarim à frente.


  • REVOLTA DOS BOXERS - 1898




- CAUSA: a imposição de valores ocidentais
- QUEM ERAM OS BOXERS?  Chineses que pertenciam a seitas secretas e praticavam uma luta marcial.

Os boxers atacavam qualquer um que tivesse envolvimento ou produtos estrangeiros.

No auge da revolta, em agosto de 1900, tinham sido mortos mais 
de 230 estrangeiros e milhares de chineses cristãos por um número 
desconhecido de rebeldes e simpatizantes.

Chinês executado durante a Revolta dos Boxers

- SLOGAN: Reviver Qing e destruir o estrangeiro
- Eles pensavam que os chineses cristãos iludiam o imperador e por isso ele se revoltava contra o povo chinês.
- A revolta chegou a PEQUIM ( capital da China)
- Muitos estrangeiros foram mortos
- A família imperial apoiou o movimento
- As grandes potências reagiram e invadiram a China
- Massacraram os chineses e impuseram um tratado humilhante que os subordinava ao Ocidente


O FIM DO IMPÉRIO CHINÊS


Sun Yat-sen - fundador do Partido Nacional do Povo


  • 1900 - o médico Sun Yat-sen fundou o PARTIDO NACIONAL DO POVO = KUOMINTANG
  • 1911 - derrubaram o império chinês e proclamaram a REPÚBLICA em parte da China
  • A outra parte ficou nas mãos dos SENHORES DE GUERRA = chefes militares com exércitos particulares
  • Os Senhores de Guerra vestiam e alimentavam seu exército prestando serviço de proteção aos grandes proprietários.
  • Os grandes proprietário aumentavam os IMPOSTOS sobre camponeses
  • Isso aumentou a FOME e as REVOLTAS

IDEIAS MARXISTAS NA CHINA

Li Ta-Chao

  • Intelectuais levaram o Marxismo à China
  • Li Ta-Chao foi um deles ( profº da Universidade de Pequim, tradutor de obras marxistas)
  • Os chineses convertidos ao Marxismo:
  1. defendiam o fim da hierarquia chinesa
  2. fim da submissão da mulher
  • 1921- fundaram o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS (PCCh) 
18º  Congresso do Partido Comunista Chinês  - 2012


  • MAO TSÉ-TUNG -era um dos membros do partido
MAO TSÉ-TUNG




QUEM FOI MAO TSÉ-TUNG (1893-1976)

O vídeo abaixo foi produzido pela TV FOLHA em 2016 em comemoração aos 50 anos da Revolução Cultural Chinesa. A animação conta a história através dos olhos de Mao Tsé-tung.



Número de vítimas de guerras lideradas pelos ditadores mais sanguinários da nossa história.

  • origem camponesa
  • participou de uma organização que combatia vícios
  • defendia a emancipação da mulher
  • Em Pequim cursou Pedagogia
  • Trabalhou em uma biblioteca na qual teve contato com a literatura marxista
  • Ajudou a fundar o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • Para ele os camponeses seriam a força da REVOLUÇÃO SOCIALISTA CHINESA 
Mao com sua filha Li Nah (conhecida como Madame Mao) por volta de 1940



ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NA CHINA EM 1921
  • Eleito SUN YAT-SEN  - nacionalista
  • Se aliou a grupos políticos diferentes = COMUNISTAS
  • Venceu os senhores de guerra
  • Unificou a China

NACIONALISTA X COMUNISTAS


CHIANG KAI-SHEK

  • 1925- Morre SUN YAT-SEN
  • Assume o poder o general CHIANG KAI-SHEK = nacionalista
  • Fim da aliança com o PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • O Partido Comunista ficou na ILEGALIDADE

GUERRA CIVIL (1927-1949)


Guerra Civil Chinesa - Período 1927 a 1949, com aproximadamente 7,5 Milhões de baixas



  • NACIONALISTAS (Chiang Kai-Shek) X COMUNISTAS (Mao Tsé-tung)

*SAIBA MAIS SOBRE AS GUERRAS MAIS SANGRENTAS DA HISTÓRIA AQUI


  • A LONGA MARCHA
Mao Tsé Tung na Longa Marcha


Mapa da Longa Marcha





  1. Outubro de 1934 - Mao Tsé-tung retira seu exército do território nacionalista
  2. Percorre a pé quase 10 mil km em um ano.
  3. Atravessaram montanhas, rios, desfiladeiros, pontes...
  4. Suportaram sol escaldante, neve...
  5. Travaram dezenas de combates contra o inimigo
  6. Formavam aldeias nas quais alfabetizavam e convertiam os camponeses ao Socialismo
  7. Nas cidades pagavam para obter comida, munição e roupas
  8. 1935- estabeleceram uma base de operações Yan´nan - província de Shanxi
  9. Muitos morreram e outros desertaram durante a marcha
  10. Dos 100 mil que iniciaram , somente 20 mil chegaram com vida.


A GUERRA CONTRA O JAPÃO - Guerra Sino-Japonesa


Xangai, 1937: num das mais famosas fotos da guerra, bebê chora abandonado entre os destroços da estação ferroviária da cidade, bombardeada pelos japoneses.

  • 1937- Japoneses atacam a China
  • Saquearam e humilharam a população chinesa
  • NACIONALISTA e  COMUNISTA se unem contra o JAPÃO
  • Fim da Segunda Guerra - Japão perde e deixa a China
  • NACIONALISTAS  e  COMUNISTAS recomeçam a guerra entre eles
  • Mao, formou o EXÉRCITO POPULAR DE LIBERTAÇÃO
  • Mao Tsé-tung (COMUNISTA) conquistou muitos seguidores e vence os NACIONALISTAS
  • 1949- Mao proclama a REPÚBLICA POPULAR CHINESA
  • NACIONALISTAS (Chiang Kai-Shek) foram para Taiwan (Ilha de Formosa) - instalaram lá a CHINA NACIONALISTA

Os Fliyng Tigers em base aérea chinesa.


O GOVERNO DE MAO TSÉ-TUNG (1949-1976)


  1. Estatizou grandes empresas
  2. Expropriou e distribuiu terras aos camponeses
  3. Implementou a indústria com a ajuda da URSS
  4. Concedeu as mulheres os mesmos direitos dos homens
  5. A economia apresentou altas taxas de crescimento

O GRANDE SALTO PRA FRENTE - 1958

  • Plano de MAO para transformar a China em um país desenvolvido em 15 ANOS
  • Criou COMUNAS POPULARES
China. Reeducação ideológica, processo que condenou 16 milhões de 
chineses a saírem das cidades para trabalho manual nas comunas populares. 
Data: 1979. Fonte: Em Tempo, n. 82.


Em agosto de 1958 o governo chinês decidiu estabelecer comunas populares no campo. No final de outubro do mesmo ano, existiam mais de 700 mil cooperativas de produção agrícola que dariam início a criação de mais de 26 mil comunas populares. 99% dos moradores das comunas eram agricultores.



  1. Comunidades autossuficientes
  2. 20 mil pessoas
  3. Cada comuna produzia o que precisasse (alimento, roupas, calçados, ferramentas, postos de saúde, escolas , central elétrica...
  • A economia se desorganizou - o plano não deu certo
  • Faltou alimento para os 500 milhões de habitantes da China
  • Calcula-se que 30 milhões de pessoas morreram de fome
  • O desemprego cresceu
  • O governo falsificava os números mascarando a verdadeira situação
  • A popularidade de MAO foi abalada.

Estátua de Mao de 36 metros  que custou 3 milhões de yuanes (R$ 1,834 milhão). A estátua foi destruída pois os cidadãos criticaram preferindo investir o dinheiro em educação e saúde. A estátua de Mao foi instalada em uma das províncias mais afetadas pela Grande Fome Chinesa, que deixou ao menos três milhões de mortos por inanição entre 1958 e 1961.
Fonte: Gazeta do Povo - 08/01/2016


A REVOLUÇÃO CULTURAL CHINESA

  • Primeira metade dos anos 1960
  • Desordem econômica
  • Privilégios dos altos funcionários do PARTIDO COMUNISTA CHINÊS
  • Insatisfação popular
  • Universitários exigiam renovação dos métodos de ensino
  • Universitários queriam combater os QUATRO VELHOS:
  1. velhos hábitos
  2. velha cultura
  3. velhas ideias
  4. velhos costumes
  • 1966- MAO  se sente ameaçado e propões a REVOLUÇÃO CULTURAL (defesa da igualdade e combate aos inimigos de MAO)

REVOLUÇÃO CULTURAL


O ditador chinês Mao Tsé-tung lançou há extamente 51 anos as bases para a sua Revolução Cultural – eufemismo para um reino de terror que durou dez anos e fez três milhões de mortos, além de outras 30 milhões de outras vítimas. Saiba mais AQUI.

  1. Condenava tudo que vinha do Ocidente (jazz, rock, pintura...)
  2. Incentivo a arte realista que valorizasse operários, camponeses e soldados à exemplo da URSS
  3. Universidades foram fechadas
  4. Estudantes foram trabalhar no campo
  5. Parte dos estudantes formaram a GUARDA VERMELHA ( para reeducar o povo e eliminar a oposição ao gov. de MAO)
  6. MAO perseguiu, prendeu e castigou PUBLICAMENTE seus adversários
  7. Acusava os adversários de TRAIDORES DOS IDEAIS DA REVOLUÇÃO
  8. Publicou o LIVRO VERMELHO com os pensamentos de MAO (estudantes e operários eram obrigados a divulgar)
  9. MAO aumentou sua popularidade
  10. Perdeu o controle sobre a GUARDA VERMELHA
  11. Recuou
  12. Ordenou ao EXÉRCITO POPULAR DE LIBERTAÇÃO a desarmar a GUARDA VERMELHA
  13. Ordenou aos estudantes a voltarem às escolas e universidades
  14. Operários voltara ao trabalho
  15. 1969- restabeleceu a DISCIPLINA e HIERARQUIA
  16. MAO vence os adversários e fortaleceu seu poder.

A Revolução Cultural foi um período em que ''o sol estava mais vermelho'' e ''o mundo estava mais sombrio''. Todos tinham de estudar as palavras de Mao (Getty Images)

Baixe o livro em pdf AQUI


O VIETNÃ

MAPA DO VIETNÃ

  • ONDE? Península da Indochina (Vietnã, Laos e Camboja) - Sudeste Asiático
  • Vietnã sempre dominado por estrangeiros: (China, França)
  • Riquezas agrícolas e minerais  - interesse dos estrangeiros na região
  • Trabalhavam para os franceses de sol a sol - escravidão
  • ARROZ, BORRACHA, CHÁ, MINÉRIOS (CARVÃO)
  • Franceses não pagavam impostos e ficavam com o lucro das riquezas locais.


A LUTA CONTRA OS FRANCESES

  • 1930- Os vietnamitas organizaram vários partidos para se libertar da opressão dos franceses.
  • Destaque para o PARTIDO COMUNISTA
  • Na Segunda Guerra (1939-1945) - JAPONESES invadem a Indochina
  • Os JAPONESES expulsam os franceses e dominam o território da Indochina
  • Os VIETNAMITAS reagem. - fundam a LIGA REVOLUCIONÁRIA 
  • Líder da LIGA REVOLUCIONÁRIO: HO CHI MINH
  • Libertam o NORTE do Vietnã.  - capital = HANÓI
  • O SUL = retomado pelos franceses - partem para a reconquista do NORTE
  • Guerrilhas VIETNAMITAS X FRANCESES = vitória dos FRANCESES - BATALHA DE DIEN BIEN PHU (1954)

Tropas francesas em Dien Bien Phu observam pára-quedistas saltando 
para reforçar a sua posição contra o Vieth Minh

Um soldado da Legião Estrangeira francesa na Indochina em 1952. Ele usa muitos itens americanos como o capacete e a jaqueta camuflada. Ele usa uma submetralhadora francesa MAT 49 de 7,5 mm.

Bigeard (ao centro) conversa com dois pára-quedistas francesas em Dien Bien Phu em 1953. Saiba mais AQUI


CONFERÊNCIA EM GENEBRA (SUÍÇA) - 1954


A Conferência de Genebra de 1954 foi uma conferência realizada entre 26 de abril e 20 de julho daquele ano, e que teve lugar na cidade de Genebra, na Suíça. Seu objetivo era discutir as questões políticas pendentes na península coreana, no Vietnã.
Como resultado concreto, a Conferência de Genebra oficializou a saída francesa do Vietnã, mas fracassaram em evitar uma escalada da discórdia entre comunistas e capitalistas, naquele país asiático, contribuindo para um maior envolvimento norte-americano na questão.


  • Fim do domínio francês sobre o Vietnã
  • Vietnã dividido em 2 
  • NORTE = SOCIALISTA - líder: HO CHI MINH
  • SUL = PRÓ-CAPITALISTA - líder: NGO DINH DIEM
  • Eleições para a reunificação


A LUTA CONTRA OS ESTADUNIDENSES


Vietcongue: um exército de guerrilha da Frente Nacional de Libertação

  • SUL DO VIETNÃ - suspendeu eleições e implantou ditadura
  • Retomou as terras dos camponeses ( distribuídas na época da luta contra a França)
  • Proibiu eleições nas aldeias
1960- os vietnamitas reagem - FRENTE NACIONAL DE LIBERTAÇÃO - FNL- liderada pelos COMUNISTAS
VIETCONGUES - recebiam apoio e armas do Vietnã do NORTE e URSS
EUA apoia o SUL - CAPITALISTA


EUA NO VIETNÃ -  A GUERRA DO VIETNÃ - 1959 - 1975

  • Presidente: JOHN KENNEDY
  • Envio de armamentos e soldados para o Vietnã do SUL

  • Causas: 
  1. divergências políticas e ideológicas entre os 2 Vietnãs (desde a década de 1950)
  2. 1959- vietcongues (comunistas) apoiados por Ho Chi Minh e soviéticos
  3. atacam base norte-americana no Vietnã do Sul
  4. o conflito se restringiu somente aos 2 Vietnãs
  5. embora EUA e URSS prestasse apoio indireto
  • Início da GUERRA DO VIETNÃ (o mais longo conflito militar depois da Segunda Guerra Mundial)
  • 3 milhões de soldados dos EUA
  • Milhares de órfãos, feridos e mutilados de ambos os lados
  • Tudo televisionado
  • Protestos contra a guerra nos EUA  e em várias partes do mundo
  • Jovens dos EUA fogem do serviço militar obrigatório
  • 1973- EUA se retiram do Vietnã
  • A guerra ainda durou mais DOIS ANOS
  • SOCIALISTAS - ocuparam SAIGON (capital do Vietnã do Sul)
  • 1976 - ELEIÇÕES GERAIS no Vietnã
  • Vietnã REUNIFICADO

Família com medo durante a Guerra do Vietnã

Fotografia de 8 de junho de 1972 mostra crianças correndo após um ataque aéreo de napalm no Vietnã; ao centro, a garota Kim Phuck, de nove anos (Foto: Nick Ut/AP) A fotografia foi tirada por Huynh Cong Ut da agência Associated Press e recebeu o Prêmio Pulitzer de 1973. 

Civis e guerrilheiros mortos na Guerra do Vietnã

Civis mortos na guerra

Imagem de uma pessoa vietnamita sendo morta sem nenhum motivo

Bombardeio Estadunidense sobre o Vietnã do norte






REPÚBLICA SOCIALISTA DO VIETNÃ - 1976


  • Capital - Hanói
  • 1986- RENOVAÇÃO VIETNAMITA - política de abertura econômica
  • Estímulo a livre concorrência entre empresas
  • Abertura do mercado de investimento estrangeiro
  • Vietnã adota modelo semelhante ao da CHINA (abertura econômica + partido único)
  • 2007 -  Vietnã torna-se membro da ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE COMÉRCIO - OMC
  • EUA é o principal parceiro comercial do Vietnã
  • Vietnã é o país que mais cresce no SUDESTE ASIÁTICO

VAMOS OUVIR UM SOM!!! 

"Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones" é uma canção de rock brasileira gravada em 1967 pela banda Os Incríveis presente no álbum Para os Jovens Que Amam os Beatles, os Rolling Stones e... Os Incríveis, a canção é a versão em português escrita por Brancato Jr. (na época empresário da banda) da canção italiana C'era un ragazzo che come me amava i Beatles e i Rolling Stones de Gianni Morandi e Franco Migliacci de 1966



CUBA


  • Início do século XX - Cuba vivia da produção de AÇÚCAR (vendia aos EUA)   e o TURISMO
  • Riquezas - nas mãos de poucos ricos e dos EUA
  • O povo vivia na miséria (analfabetos, desempregados, sem assistência médica...)
  • Era governada por ditadores corruptos e violentos
  • FULGÊNCIO BATISTA - deu um golpe de Estado em 1952
  • FULGÊNCIO tinha apoio de empresários ( cassinos e prostituição)


REVOLUÇÃO CUBANA - 1953

Fidel, Che Guevara e Fulgêncio Batista

  • FIDEL CASTRO (advogado) + 120 pessoas = tentam tomar o QUARTEL DE MONCADA (em Santiago de Cuba)
  • OBJETIVO: obter armas para derrubar FULGÊNCIO BATISTA
  • FIDEL FOI PRESO: depois de 2 anos foge para o MÉXICO
  • FIDEL volta à CUBA com 82 homens X BATISTA
  • Fidel PERDEU a maior parte dos confrontos
  • Fidel inicia GUERRILHAS contra FULGÊNCIO ( se escondem nas matas de SIERRA MAESTRA - montanhas mais altas do país)
  • ERNESTO CHE GUEVARA(médico) - junta-se à FIDEL na luta contra FULGÊNCIO
  •  2 anos de luta + apoio popular (camponeses e a pop. em geral)


FIDEL NO PODER (01/01/1959)


  • Che Guevara + Fidel + Camilo Cienfuegos ( líderes)
  • Medidas tomadas por FIDEL
  1. Reforma Agrária
  2. Redução em 50% no preço dos aluguéis e medicamentos, tarifas telefônicas e eletricidade
  3. Nacionalização dos bancos e empresas estratégicas ( petróleo e eletricidade) , muitas pertenciam aos EUA


EUA REVIDAM


  • fim das relações diplomáticas com Cuba ( janeiro de 1961)
  • Fidel  declara que a revolução era SOCIALISTA  e pede ajuda da URSS
  • No dia seguinte - CIA (Agência Central de Inteligência) invade CUBA pela Baía dos Porcos
  • Os cubanos resistem e vencem
  • 1962- EUA impuseram BLOQUEIO ECONÔMICO A CUBA 


CUBA E A GUERRA FRIA


  • Fidel estreita laços com a URSS
  • Fidel permite a construção de uma BASE DE LANÇAMENTO DE MÍSSEIS NUCLEARES em Cuba
  • EUA reagem impondo BLOQUEIO AÉREO e NAVAL
  • EUA ameaçam usar armas nucleares  se a URSS continuar com o projeto
  • URSS desiste
  • CRISE DOS MÍSSEIS (setembro/outubro 1962)
  • Momento tenso da Guerra Fria (poderia gerar GUERRA NUCLEAR)

Distância das maiores cidades americanas em relação à Cuba

AS CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO CUBANA PARA CUBA


  1.  Conquistas na saúde, medicina e educação
  2. melhores condições sanitárias
  3. medicina preventiva
  4. redução de tuberculose, malária e tifo
  5. poliomielite foi erradicada - vacinação em massa
  6. construção de hospitais-escola, institutos médicos
  7. clínicas rurais
  8. queda na mortalidade infantil
  9. aumento da expectativa de vida
  10. uma das maiores taxas de alfabetização do mundo


A ECONOMIA CUBANA E O FIM DA URSS

  • 80% do açúcar cubano era vendido para a URSS e países socialistas do Leste Europeu
  • 80% do petróleo máquinas e peças vinham da URSS e Leste Europeu
  • 1991 -  FIM DA URSS
  • Cuba deixou de vender o açúcar, não recebia mais máquinas e peças
  • Cuba deixou de receber os 4 bilhões anuais da URSS (recebiam de 1962)
  • Fim da URSS + BOICOTE ECONÔMICO DOS EUA+baixa produtividade econômica = CRISE ECONÔMICA
  • Nos anos 1990, Cuba sofreu escassez de combustível, gêneros de primeira necessidade (alimentos e roupas)
  • 1995 - FIDEL faz REFORMA ECONÔMICA
  • Permite instalação de empresas estrangeiras em CUBA
  • Exigiu que o ESTADO ficasse com 50% do negócio.
  • Isso não evitou:
  1. reaparecimento da corrupção
  2. aumento da marginalidade
  3. jovens querendo sair de Cuba em busca de oportunidades
  • POLÍTICA:
  1. Continua com um só partido político
  2. Um só chefe político  - RAUL CASTRO (irmão de Fidel)
  3. Censura aos meios de comunicação
  4. Censura à Internet
  5. 2014 - EUA e CUBA -  REATAM RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS

VAMOS OUVIR UM SOM!!!

O cantor e compositor chinelo Victor Jara dedicou toda sua obra às causas sociais. Cantou a luta dos povos do mundo e homenageou grandes líderes mundiais, entre eles Fidel Castro. Nesta canção, homenageia Fidel Castro, Che Guevara e José Martí.



segunda-feira, 31 de julho de 2017

INDEPENDÊNCIAS : ÁFRICA E ÁSIA

OBSERVE AS IMAGENS ABAIXO

Cidades africanas

As cidades acima ficam todas na África, e por seus portos saíram ancestrais de milhões de brasileiros. Se a África possui cidades prósperas como essas que você nas fotos, por que então a televisão e o cinema só mostram , quase sempre, a África como uma savana habitada por  leões, girafas e elefantes? Por que a mídia quase nunca mostra as cidades africanas? O que isso pode significar?
(obs.: Zimbábue é um país da África, Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul, Cidade do Cabo situa-se em na África do Sul)


INDEPENDÊNCIAS


  • Sabe-se que no século XIX os europeus se apossaram de grandes porções da Ásia e África e submeteram seus povos.
  • Nos 30 anos que se seguiram ao final da Segunda Guerra Mundial (1945), a imensa maioria dos povos daqueles continentes conseguiram sua independência.

RAZÕES DA INDEPENDÊNCIA

Mapa da independência dos países da África

  • a luta de africanos e asiáticos nos movimentos de independência de seus países
AFRICANOS E ASIÁTICOS FORAM OPRIMIDOS E EXPLORADOS POR EUROPEUS QUE USAVAM A VIOLÊNCIA, CONFISCO DE TERRAS, TRABALHOS FORÇADOS PARA SUBMETER ESSES POVOS.
  • o enfraquecimentos das potências colonialistas devido às perdas sofridas durante a Segunda Guerra Mundial
OS EUROPEUS CANALIZAVAM SEUS ESFORÇOS PARA RECONSTRUIR SEUS PAÍSES E ISSO FACILITOU A AÇÃO DOS POVOS DOMINADOS
Marcus Garvey (1887-1940)  Saiba mais AQUI
Jamaicano e importante pensador do Pan-africanismo
O ideal de liberdade e unidade defendidos por Garvey ganhou ritmo, melodia e letra com o também jamaicano Bob Marley.

Bob Mrley se inspirou no Pan-africanismo para
compor importantes músicas de seu repertório
OUÇA, LEIA E REFLITA A MÚSICA 
"África Une-te" de Bob Marley



UMA REVISTA IMPORTANTE

A revists Présence Africaine, fundada em Paris em 1947, pelo filósofo
senegalês Alioune Diop, teve papel fundamental na difusão da história africana,
da negritude e do pan-africanismo

A CONFERÊNCIA DE BANDUNG

Conferência de Bandung

  • Realizada em Bandung, Indonésia
  • 29 países independentes se autodenomiram Terceiro Mundo (países pobres independentes)
  • esses países de declararam neutros na Guerra Fria (EUA X URSS)
  • prometeram apoiar as independências da África e Ásia
Países que participaram da Conferência de Bandung

Líderes dos países participantes da Conferência de Bandung: Jawararlal  Nehru (índia/Ásia), Gamal Abdel Nasser (Egito/África) e Josip Broz Tito (Iugoslávia/Europa)


INDEPENDÊNCIA DA ÁSIA

ÍNDIA

SAIBA MAIS SOBRE GANDHI AQUI

  • Século XIX a Índia era a joia mais preciosa da Coroa Britânica, por conta dos lucros que dava ao país.
  • Início do século XX, Mohandas Gandhi, conhecido como Mahatma, liderou a resistência indiana contra a opressão britânica.
  • Gandhi utilizou a RESISTÊNCIA PACÍFICA como tática de luta, baseada na desobediência civil.
  • Os indianos foram incentivados a não consumir produtos ingleses e a não obedecer as leis inglesas que os discriminavam dentro da Índia
  • Passaram a não pagar impostos , entre eles , o imposto sobre o SAL.
  • Os indianos faziam suas roupas de algodão
  • Nos anos de 1930 o movimento de Resistência Pacífica ganhou repercussão internacional
  • Gandhi fazia greve de fome para unis hindus e muçulmanos na luta pela independência
  • 24% da população da Índia era muçulmana na época
  • O governo inglês aceitou negociar a independência dos indianos
  • 1947 - agosto - surgiram dois países independentes: a Índia (maioria hindu) e o Paquistão (maioria muçulmana)
  • 1971 - Paquistão Oriental se separa e adota o nome de Bangladesh
  • Gandhi foi assassinado em 1948. O assassino o acusava de ser tolerante com os muçulmanos. 

Independência e partilha da Índia - 1947 


ÁFRICA: ESTUDOS DE CASO

A COSTA DO OURO (GANA)

Kwame Nkrumah : líder da independência da Costa do Ouro

  • A Costa do Ouro era rica em ouro, diamante, bauxita e cacau
  • Na Costa do Ouro habitavam diversas etnias diferentes, com culturas diferentes
  • Os britânicos dominava a região e procuravam manter essas etnias desunidas
  • Kwame Nkrumah, doutor em Filosofia, organizou um movimento contra a opressão britânica, incentivando as etnias a se unirem
  • Inspirado em Gandhi, Nkhumah propunha o boicote aos produtos ingleses e a desobediência civil
  • 1949- Nkhumah fundou o Partido da Convenção do Povo (CPP), lema, "autonomia já"
  • A Grã-Bretanha negociou com os africanos 
  • 1957- Costa do Ouro tornava-se independente e Kwame Nkrumah assumiu a chefia do governo
  • Costa do Ouro passou a se chamar GANA (em homenagem à antiga civilização que floresceu no local)
O CONGO


  • Situado no coração da África
  • 80 vezes maior que a Bélgica
  • foi propriedade particular do rei belga Leopoldo II
  • passou à administração da Bélgica
  • Rico em cobre, zinco, manganês, urânio e diamantes
  • atraiu multinacionais que exploravam o território em troca de baixíssimos salários
  • os belgas eram autoritários e racistas e os congoleses não tinham liberdade de expressão
  • os congoleses só podiam frequentar a escola por 4 anos
  • 1956.- os congoleses criaram o ABAKO, Associação do Baixo Congo
  • o líder da ABAKU era J. Kasavubu
  • 1957- surge o Movimento Nacional Congolês - MNC
  • o líder do MNC era Patrice Lumumba
  • os congoleses liderados por Lumumba fizeram greve e manifestações pela independência
  • os belgas pressionados , se retiraram
  • 30/06/1960- o Congo torna-se independente
  • Lumumba foi o primeiro chefe de governo do Congo livre
  • o projeto de Lumumba de unia os congoleses não prosperou
  • os EUA apoiou a rica província de Katanga que promoveu uma guerra separatista contra Lumumba que era ajudado pela URSS
  • a guerra civil terminou com a vitória do coronel Mobuto Desiré, aliado dos EUA
  • Desiré assume o poder em 1961
  • Lumumba foi preso e assassinado em circunstâncias misteriosas
  • a ONU interveio no país para assegurar a independência

Em 1960, muitos países africanos de libertaram: Congo, Camarões, Congo-Brazzaville, Gabão, República Centro-africana, Togo, Costa do Marfim, Daomé (atual Benim), Alto Volta (atual Burkina Faso), Níger, Senegal, Mali, Madagascar, Somália e Mauritânia.
1960 ficou conhecido como O ANO AFRICANO


ANGOLA , MOÇAMBIQUE E GUINÉ-BISSAU

  • angolanos trabalhavam para os portugueses nas plantações, minas e cidades em troca de roupa e comida
  • 1930- surge o SISTEMA DE CONTRATO - portugueses prometem salários e respeito aos costumes dos angolanos (isso pouco adiantou) 
  • Surge a PIDE - POLÍCIA POLÍTICA DO GOVERNO DITATORIAL PORTUGUÊS
  • António de Oliveira Salazar - líder da PIDE
  • a PIDE provocou um aumento da resistência africana dentro e fora da África
  • 1951 - em Lisboa, um grupo de universitários fundam o CENTRO DE ESTUDOS AFRICANOS
  • participantes do grupo de estudos: Amilcar Cabral, Agostinho Neto, Mário Pinto de Andrade, Francisco Tenreiro e Noémia de Sousa
  • Essa geração ficou conhecida como GERAÇÃO 50
  • foram perseguidos pela PIDE de Salazar e o Centro foi fechado
  • Muitos continuaram a luta
  • MPLA - Movimento Popular para a Libertação de Angola - líder: Agostinho Neto
  • FRELIMO - Frente para a Libertação de Moçambique , líder: Samora Machel
  • PAIGC - Partido Africano para a Independência das Guiné e de Cabo Verde, líder: Amilcar Cabral
  • Salazar usou diplomacia e violência para defender seus interesses
  • Salazar atuou junto a ONU em defesa da ocupação da África
  • Salazar enviou milhares d soldados armados com metralhadoras, aviões e equipamentos modernos para reprimir os movimentos africanos de independência
  • Portugal gasta 40% de seu orçamento com a guerra na África
  • 25/04/1974 - REVOLUÇÃO DOS CRAVOS - liderado por jovens oficiais das forças armadas de Portugal, com apoio popular, derrubou a ditadura de Salazar que já durava 42 anos.
Revolução dos Cravos


Por que  a Revolução dos Cravos recebeu esse nome?

O cravo vermelho tornou-se o símbolo da Revolução de Abril de 1974. Segundo se conta, foi uma florista que iniciou a distribuição dos cravos vermelhos pelos populares, chegando por meio destes aos soldados, que os colocaram nos canos das espingardas. Devido a esse acontecimento esta revolução também é conhecida como "A Revolução dos Cravos"




  • o novo governo português adotou o lema: DEMOCRACIA EM NOSSO PAIS, DESCOLONIZAÇÃO DA ÁFRICA
  • 25/06/1974- Moçambique se torna independente - presidente: Samora Machel (governou até 1986 e morreu em misterioso desastre aéreo sobrevoando a África do Sul)
  • 11/11/1975- Angola independente. presidente: Agostinho Neto

A LUTA CONTRA O APARTHEID NA ÁFRICA DO SUL




Na placa é avisado que as instalações e equipamentos 
públicos são reservados para uso exclusivo de pessoas 
brancas, por lei.


Os ônibus tinham assentos reservados para brancos e negros. 
Os indivíduos de etnia negra eram obrigados a sentar 
no fundo do veículo.



Ponto de ônibus com separação de negros e brancos




Eventos públicos e ambientes com estádios, cinema e teatro possuíam divisões nas
poltronas e arquibancadas para brancos e negros. Eles não poderiam se misturar. 



Na placa, o seguinte dizeres: “Perigo! Nativos, índios e pessoas de cor.
Se você entrar nestas instalações à noite você será dado como desaparecido. Guardas armados vão atirar e cães selvagens vão devorar o cadáver. Você foi avisado!”.


Até os bebedouros públicos eram segregados. Na foto, nota-se que os bebedouros para brancos eram melhores e mais bem instalados do que os bebedouros para negros.






Nelson Mandela
Banco com divisão para brancos e negros

Soldado agredindo criança negra na África do Sul
Placa em praia na cidade de Durban, África do Sul,
proíbe a entrada de não brancos.