quarta-feira, 13 de março de 2013

ROMA E GRÉCIA


Mulher de Atenas












LEIA AQUI SOBRE A SEXUALIDADE NA GRÉCIA ANTIGA.









ATENÇÃO!! 
JUSTIFIQUE TODAS AS RESPOSTAS POR ESCRITO , CASO CONTRÁRIO A RESPOSTA NÃO SERÁ ACEITA.


01.Leia com atenção o texto que se segue:

O mundo em que vivemos deve muito aos gregos antigos. Nosso idioma, o português, está cheio de palavras gregas. As grandes obras de literatura e arte gregas até hoje são modelo de beleza. (...)
Nos museus, as esculturas gregas estão sempre cercadas por admiradores.

SCHMIDT, Mário. Nova História Crítica. São Paulo: Nova Geração, 1999, p.133.


São aspectos da civilização grega, presentes nos nossos dias, EXCETO:

a)         técnica da Mumificação;
b)         realização das Olimpíadas;
c)         a valorização da Lógica;
d)        a defesa da valorização da democracia.



02.“A casa de um Címon, de um Aristides, e em geral, dos homens ilustres daquele tempo, parece, a cada um de nós que a conhece, em nada mais suntuosa que a casa de vosso vizinho”.
Demóstenes

Sobre as casas na Grécia Antiga é CORRETO afirmar:

a)         Havia uma preocupação com o saneamento básico, por isso era comum o uso de fossas nas casas dos gregos.
b)         No pátio central havia um poço para fornecimento de água e um altar em homenagem à deusa grega do lar.
c)         O androceu, no pavimento inferior, era um espaço reservado às mulheres.
d)        As casas tradicionais eram marcadas pela luxuosidade.



03.Leia o texto com atenção


Atenas foi a grande rival de Esparta. Essa cidade-estado da região da Ática ficou célebre por dois aspectos: pela vida cultural e pelo regime político democrático.
Do mesmo jeito que em outras cidades-estados gregas, Atenas foi, durante muito tempo, dominada pelos aristocratas proprietários de terras. Esses nobres eram chamados de eupátridas.

SCHMIDT, Mário. Nova História Crítica. São Paulo: Nova Geração, 1999, p.141.


Sobre a evolução política de Atenas, marque a única alternativa INCORRETA:

a)         O legislador Sólon extinguiu a escravidão por dívidas.
b)         Dracon estabeleceu leis mais brandas, acabando com a pena de morte.
c)         Psístrato promoveu a redistribuição de terras férteis e crédito agrícola aos camponeses.
d)        Clístenes permitiu a extensão dos direitos políticos a todos os cidadãos atenienses e criou a Lei do Ostracismo.



04.Na Grécia Antiga a economia foi marcada pela realização de diferentes atividades.

A única alternativa INCORRETA sobre a economia da Grécia Antiga é

a)         Artesãos como oleiros, escultores e ferreiros praticavam os seus respectivos ofícios em áreas específicas da cidade.
b)         As uvas e as azeitonas eram principais produtos cultivados pelos gregos.
c)         O comércio marítimo foi pouco desenvolvido em função do litoral grego ser muito recortado.
d)        O solo montanhoso prejudicou o desenvolvimento da atividade agrícola no território grego.


05.Atenas e Esparta eram as Cidades-Estados que mais se rivalizaram pelo fato de serem portadores de diferenças marcantes.

As alternativas abaixo apontam essas contradições entre as duas cidades, faça a leitura com muita atenção e escolha a opção que estiver correta:

A)        A organização política de Atenas contava com a Eclésia e dela participavam todos os cidadãos com mais de dezoito anos. Em Esparta a correspondência a essa organização política era a Gerúsia.
B)        A organização social em Atenas concedia o direito de cidadão ao grande proprietário, pequenos proprietários, comerciantes, artesãos e operários. Enquanto em Esparta, o número de cidadãos era reduzido e procediam da nobreza.
C)        A educação em Atenas e Esparta tinha por finalidade a formação completa do homem, isto é, física, intelectual e artística.
D)        A localização de Atenas na região do Peloponeso facilitava as influências internas, enquanto Esparta localizada na península Ática era uma cidade longe da influência externa, o que facilitava o surgimento de filósofos, poetas e artistas.


06.A escravidão foi característica básica das relações de produção na Grécia. O trabalho escravo sustentou essa sociedade cuja elite desprezava o trabalho manual.

Aristóteles, filósofo grego, faz várias considerações sobre a situação do escravo na Grécia Antiga, nas alternativas que se segue, com exceção de:

A)        Os que nada tem a oferecer além do seu corpo como força de trabalho estão condenados à escravidão.
B)        A sujeição ao trabalho escravo é melhor do que ficar abandonado.
C)        A guerra e as conquistas são indispensáveis para a criação de uma sociedade escrava.
D)        O uso dos escravos e dos homens é aproximadamente o mesmo.


07.“A civilização grega em especial na sua forma ateniense, fundamentava-se nos ideais de liberdade , do racionalismo, da glorificação do corpo e do espírito e de grande respeito pela dignidade e mente do indivíduo.”
(Texto adaptado de Edwards Burns)

O fragmento anterior destaca:

A)        O antropocentrismo na cultura grega.
B)        A influência dos gregos sobre o ocidente.
C)        O predomínio da cultura grega nas civilizações antigas.
D)        Os deuses concebidos à imagem e semelhança do homem.


08.A civilização grega e a romana deram origem à civilização ocidental da qual fazemos parte. Podemos afirmar que entre vários indícios dessa influência destaca-se:

I)         O conceito de cidadania como se realizava na pólis grega.
II)        A concepção de Estado que vigorava na Grécia antiga.
III)      A influência da língua grega na formação do vocabulário português.
IV)      A influência da filosofia grega, principalmente Platão e Aristóteles até nossos dias.

Responda a questão utilizando o seguinte código:

A)        Todas as alternativas estão corretas.
B)        As alternativas III e IV estão corretas.
C)        Nenhuma das alternativas está correta.
D)        Somente a alternativa I está correta.

(UFPE) - Universidade Federal de Pernambuco -
09- A grandiosidade do Império Romano criava muitos problemas administrativos e conflitos de poder, dificultando a ação dos seus governantes. Na arte, os romanos seguiram soluções práticas para facilitar sua vida urbana. A arquitetura romana, por exemplo, foi:
A - marcada pela influência dos etruscos no uso do arco e da abóbada.
B - definida pelas influências grega e egípcia, o que resultou em construções grandiosas em homenagem aos deuses.
C - marcada pela utilização de pedras e tijolos, utilizados em grandes edifícios públicos.
D - suntuosa nas construções públicas, que eram de grande originalidade para a época.
E - baseada no uso exclusivo do arco, graças à influência dos mesopotâmicos.

(UFSM/RS) Universidade Federal de Santa Maria -
Questão 10:
Assinale verdadeira (V) ou falsa (F) em cada uma das afirmações sobre o desenvolvimento tecnológico das sociedades da Antiguidade.
1. ( ) A prática da agricultura, além de permitir aumentar a produção de alimentos, impulsionou inovações em diversos campos do conhecimento, como os sistemas de escrita, a matemática e a astronomia, com a utilização de calendários para organizar a vida social, religiosa e produtiva nas diversas estações.
2. ( ) As civilizações do Crescente Fértil aprimoraram conhecimentos para garantir o emprego adequado do solo, empregaram sistemas de irrigação para melhor aproveitar as águas dos rios, promoveram o conveniente armazenamento das safras, além de alcançarem notáveis avanços na arquitetura e engenharia com a construção de templos religiosos e funerários monumentais.
3. ( ) Mesmo sem terem desenvolvido grandes conhecimentos no campo da matemática e das ciências da natureza – como a biologia, a física e a cosmologia – as polis ou cidades-estados da Grécia antiga notabilizaram-se por legarem ao mundo posterior a filosofia e a democracia, concretizando os princípios de justiça social, igualdade política e cidadania para todos seus habitantes, independente de serem estrangeiros, escravos, mulheres, iletrados ou pobres.
4. ( ) O Império Romano, além de aprimorar a tecnologia da guerra para expandir suas conquistas militares, efetivou avanços significativos na arquitetura e na engenharia com a construção de estradas, portos, aquedutos, termas, circos, mercados, edifícios públicos e redes de esgoto e de água para as cidades.
A sequência correta é
A - V - F - V - F.
B - F - F - F - V.
C - V - V - V - V.
D - F - F - V - F.
E - V - V - F - V.

(UEPG/PR) - Universidade Estadual de Ponta Grossa -
Questão 11:
A antiguidade Greco-romana tornou a escravidão absoluta na forma e dominante na extensão, convertendo-se maciça e generalizada na Grécia (séculos V e IV a.C.) e em Roma (entre II a.C. e II d.C.). Nesse contexto, assinale o que for correto.
1 - A escravidão e a liberdade helênicas eram indivisíveis, pois uma era a condição estrutural da outra; uma condição polarizada da perda completa de liberdade justaposta a uma nova liberdade sem impedimentos.
2 - Embora solidamente enraizado na sociedade clássica antiga, o sistema escravista foi sendo paulatinamente abolido no período.
4 - Os escravos conseguiram melhores condições de vida após promoverem constantes revoltas, como a de Spartacus (73-71 a.C.), que liderou o último movimento rebelde contra Roma.
8 - Nesse período assistiu-se ao aparecimento de uma classe média de proprietários rurais e o desaparecimento do latifúndio.
16 - Foi na República romana que se efetivou a união entre a grande propriedade agrícola e a escravidão em grande escala, ou seja, sua sistematização por uma aristocracia urbana, cujo resultado foi a instituição rural do latifúndio escravo extensivo.

(UFPR) - Universidade Federal do Paraná -
Questão 12:
Toda a Gália está dividida em três partes, uma habitada pelos belgas, outra pelos aquitanos, a terceira por aqueles que nós chamamos de gauleses (em sua língua, celtas). Essas nações diferem entre si pela língua, pelos costumes e pelas leis.
(Júlio César, Guerra das Gálias.)
Esse trecho de Júlio César se refere às conquistas da Roma Antiga e à maneira como os romanos viam os povos que conquistavam. Sobre as conquistas romanas, é correto afirmar:
A - O exército romano era composto somente por escravos.
B - Os povos conquistados eram considerados incultos e menosprezados pelos romanos.
C - As estruturas administrativas construídas pelos romanos foram pouco duráveis, o que limitou a sua capacidade de expansão.
D - Os romanos não tinham uma política de destruição, nem de integração cultural dos povos conquistados, preservando a posição das elites que se aliassem a eles.
E - Durante as guerras de conquista, houve uma diminuição do número de escravos capturados pelos romanos.

(FUVEST/SP) - Fundação Universitária para o Vestibular -
Questão 13:
Cesarismo/cesarista são termos utilizados para caracterizar governantes atuais que, à maneira de Júlio César (de onde o nome), na antiga Roma, exercem um poder
A - teocrático.
B - democrático.
C - aristocrático.
D - burocrático.
E - autocrático.

(UFTM/MG) Universidade Federal do Triângulo Mineiro -
Questão 14:
Os romanos deram o nome de pax romana ao período de estabilização das fronteiras. Nesse período, 300 mil soldados, deslocando-se rapidamente pelas estradas do Império, defenderam as fronteiras junto aos rios Reno e Danúbio contra as incursões das tribos germânicas, contiveram invasões orientais e sufocaram rebeliões internas. A paz romana foi, antes de tudo, uma “paz armada”, o maior símbolo do apogeu do Império, que, no entanto, já carregava em seu interior os sinais de sua decadência.
(Flavio de Campos e Renan Garcia Miranda, A escrita da História)
O fim das conquistas romanas
A - fortaleceu os plebeus, em especial os mais ricos, que conquistaram a instituição do tribunato da plebe e a permissão do casamento com os patrícios.
B - provocou a guerra de Roma contra Cartago – as Guerras Púnicas –, pois os cartagineses colocaram em risco as conquistas romanas na Sicília e no norte da África.
C - gerou o término do suprimento de escravos, decorrendo disso todo um processo de desordem econômica em Roma, com a fragilização do Exército e o avanço dos germanos.
D - estabeleceu uma nova condição jurídica para os plebeus, que não podiam mais ser vítimas da escravização por dívidas e foram beneficiados com a distribuição de terras.
E - motivou o crescimento dos espaços urbanos no Império, com o consequente aumento das atividades manufatureiras e comerciais, além do crescimento da população.

(UFJF/MG) - Universidade Federal de Juiz de Fora -
Questão 15:
A partir do século III assiste-se ao longo processo de crise do Império Romano do Ocidente e ao desenvolvimento das instituições feudais, que daria início ao período medieval. Assinale o item que NÃO se enquadra nesse contexto.
A - A expansão do Império Romano do Ocidente cessou, levando ao decréscimo da obtenção de escravos e riquezas.
B - As fronteiras pouco controladas devido à fragilidade romana possibilitaram a invasão dos povos bárbaros e a fragmentação territorial do Império.
C - O poder político exercido pelas grandes cidades se manteve, levando a um crescimento da urbanização e desenvolvimento das instituições comerciais.
D - Desenvolveu-se o sistema de colonato através do qual escravos e plebeus empobrecidos passaram a trabalhar como colonos nas terras dos grandes proprietários.
E - Iniciaram-se as relações de suserania e vassalagem baseadas em fidelidade e prestação de serviços dos vassalos para com os senhores.

(UFAM) - Universidade Federal do Amazonas -
Questão 16:
Nos últimos anos, a indústria hollywoodiana investiu em filmes sobre a Antiguidade Clássica que se tornaram grandes sucessos. Heróis como Máximo em “Gladiador” ou Aquiles em “Troia” não deixam de representar um estímulo para um conhecimento aprofundado desse momento histórico. A respeito do referido período você pode afirmar que:
I. No século V a.C. os gregos consideravam a polis como o único contexto em que o homem podia realizar as suas capacidades espirituais, morais e intelectuais, ou seja, a sua cidadania.
II. O princípio de liberdade política, fundamental à política grega e estranho à experiência política do Oriente Próximo, era vital para a conformação do ideal democrático no Ocidente.
III. A grande realização de Roma foi transcender a estreita orientação política da cidade-Estado e criar um Estado universal que unificou as diferentes sociedades do mundo mediterrâneo.
IV. Entre os resultados do imperialismo romano sobressaem-se o afluxo de capitais, desenvolvimento de uma economia monetária, a concentração da propriedade fundiária e o crescimento da mão de obra servil.
Com relação a estas afirmativas, você pode concluir que:
A - Todas as proposições estão corretas;
B - Apenas as proposições II, III e IV estão corretas;
C - Apenas as proposições I, II e IV estão corretas;
D - Apenas as proposições I, II e III estão corretas;
E - Todas as proposições estão erradas.

(UFAM) - Universidade Federal do Amazonas -
Questão 17:
Tal como a história dos gregos, também a dos romanos começou pelo desenvolvimento de instituições políticas assentadas na cidade e elaboradas em benefício de uma comunidade de homens livres – os cidadãos – proprietários de terras e que reivindicavam a descendência direta dos fundadores de sua pátria. Em ambos os casos, estes cidadãos privilegiados conseguiram, no momento em que a vida urbana começou ganhar certa amplitude e consistência, eliminar a monarquia (cuja origem se confudia com a própria origem da pátria) dando início a instituições capazes de assegurar o seu domínio.
FLORENZANO, M. B. O Mundo Antigo: economia e sociedade. São Paulo: Brasiliense, 1986, p. 56.
O texto aponta que os cidadãos romanos percorreram uma trajetória política singular.
Sobre as instituições latinas ao longo deste processo podemos destacar:
I. O Senado, instituição mais importante do período republicano, que, no plano legislativo, aprovava as leis votadas nas assembleias, propunha novas leis para serem submetidas ao voto do povo, além de decidir sobre medidas excepcionais, como a de atribuir o poder supremo aos cônsules.
II. A Ditadura ou uma magistratura extraordinária, dotada de poderes excepcionais, substitutiva do Império, ao qual se recorria em momentos de particular gravidade.
III. O Tribunato da Plebe, cuja função era defender indivíduos e propriedades da plebe e administrar os jogos públicos, sendo o poder dos tribunos derivado do fato de serem invioláveis.
A - Apenas II é correta.
B - Apenas I é correta.
C - Apenas III é correta.
D - I, II e III são corretas.
E - I, II, e III são incorretas.

(UFAC) - Universidade Federal do Acre -
Questão 18:
Um legislador, em 621 a.C., na Grécia Antiga, selecionou, organizou e registrou na forma escrita leis que, até então, eram transmitidas pela oralidade e sob o domínio apenas de alguns. Mesmo produzindo um Código bastante severo, mantinha privilégios políticos e sociais para alguns grupos.
Assinale a alternativa correta que indica o nome desse legislador:
A - Sólon;
B - Péricles;
C - Helieu;
D - Drácon;
E - Demiurgo;


9 comentários:

  1. Bruna 1°ano do E.M. Colégio Seráfico14 de março de 2013 17:33

    1) b- Pois são esportes que vem dos Romanos e veio para o Brasil.
    2) d- pois as casas zonas residênciais com dois tipos de casa ( "Insulae " blocos de apartamentos com vários andares). e ( "Domus " casa particular pertecentes aos romanos mais ricos ). Eram para mostrar grandeza.

    3) d- Só poderia votar quem tinha o poder ( militar executivo ).

    4) c- Pois um dos seus maiores comércios era o comércio marítimo, além de ter mar em toda a volta de Rma eles usavam o mar para transportar o comércio.

    5) b- Essa cidade-estado da região da Atica ficou conhecida por dois motivos : Pela vida cultural e pelo regime político democrático.

    6) a- pois eles pegavam os homens mais fortes para trabalhar como escravos.

    7) d- pois as estátuas ( que hoje são muito visitadas ), elas mostravam que que o corpo do espírito era quase de um Ser Humano. E eles faziam eles bem musculosos para mostrar a glorificação do corpo.

    8) b- Pois até os dias de hoje é estudado as filosofias na escola, e o Português está cheio de palavras Gregas e o Latim faz parte da nossa história brasileira. E isso está no nosso dia á dia.

    9) b- Pois as construções eram usadas para mostrar grandiozidade e poder no Império Romano.

    10) 1)v
    2)v
    3)f
    4)v
    e- essa é a correta.

    11) 1- Pois quem era escravo era os homens de guerra e os que tinham dívidas ( escravos ) e os outros tinha a liberdade e que eram os ( pebleus ).

    12) b- Pois quem ganhava a conquista eles eram idolatrados pelos outros romanos.

    13) b- Quem faz a administração é o governante.

    14) a- Com o casamento de patrícios e pebleus não iria existir tanta escravidão.

    15) e- ??????

    16) d- Com a experiência política o homem podia realizar suas morais e intelectuais, ou seja, sua cidadania.

    17) b- pois é o Desenvolvimento político assentadas na cidade.

    18) a- Salón, ele que pôs fim aos privilégios tradicionais.



    Bruna 1°ano do E.M. colégio Seráfico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna 1°ano E.M. colégio Seráfico20 de março de 2013 14:32

      Justificação = 10) É falso, pois eles desenvolveram grandes conhecimentos no campo da matemática e das ciências... e não notabilizaram-se por legarem ao mundo posterior ( Filosifia e a Democracia ).

      15) e- Eles prestavam sim o serviços para os senhores na época do período medieval.


      Bruna 1°ano do E.M. Colégio Seráfico

      Excluir
  2. Justifique os itens falsos da questão 10.
    tente justificar a questão 15.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna 1°ano do E.M. Colégio Seráfico20 de março de 2013 14:35

      Professora as justificativas já estão ai. :)

      Excluir
  3. Carlos Mateus Araujo de Carvalho 1°ano do E.M. Colégio Seráfico
    1)-a- A técnica mumificação só existe no Egito.
    2)-b- Grécia antiga, uma região seca onde os poços de água eram fundamentais para a sobrevivência. Os homens da época acreditavam que cada poço era protegido por um espírito ou divindade e que jogar moedas para eles garantiria água abundante por todo o ano.
    3)-b- Dracon nunca estabeleceu leis para acabar com a morte.
    4)-c- O comércio marítimo entre os povos, desenvolvido através dos séculos, e a navegação marítima e interior não poderiam deixar de ser regulados por leis devido aos aspectos econômicos.
    5)-b- A rivalidade entre a militarista Esparta e a vizinha Atenas dominou a história da Grécia Antiga. Atenas, o berço da democracia, era uma sociedade muito menos rígida. Ao contrário de Esparta, onde havia pouco tempo para a cultura, Atenas foi a pátria de algumas das mais extraordinárias realizações da filosofia, de arte e da ciência na história humana.
    6)-a- Como na agricultura, eles eram empregados na execução de trabalhos que estavam além da capacidade da família.
    7)-c- Atenas é um dos maiores centros mundiais para a pesquisa arqueológica, uma vez que possui inúmeros sítios arqueológicos localizados no próprio centro urbano da cidade. Dentre eles se destaca a Acrópole, célebre em todo o mundo tanto por sua relevância histórica como pelas ruínas de edifícios clássicos importantes como o Partenon e o Erecteion.
    8)-c- inicialmente constatando que estas duas regiões se desenvolveram mais tardiamente do que o oriente. Temos notícias de que os mundos mesopotâmico e egípcio apresentam sinais de urbanização a partir de 4.000 a.C., enquanto na Grécia os primeiros sinais de organização social humana manifesta-se a partir do segundo milênio antes de Cristo
    9)-a c- O uso de arcos e abóbadas alcançou grandes avanços na engenharia romana; e nas suas construções os Romanos usaram materiais tradicionais como a pedra, o tijolo, a mármore e a madeira, e outros são criados ou recriados por eles de forma inovadora - falamos dos diferentes tipos de opus (termo usado pelos romanos para designar o material ou o tipo de organização dada ao material empregue numa construção.
    10)-e- pólis grega ou cidade-Estado é um dos elementos fundamentais dacivilização grega, resultante da conjugação de um conjunto variadode fatores. Ela nasceu de fatores de ordem geográfica, de umainstabilidade gerada depois da invasão dórica, e da falta de um podercentralizado defensor dos indivíduos, que os levou a unirem-se empequenos territórios.
    11)-1 + 16- Existiam escravos que eram homens de guerra e outros que tinham sua liberdade.
    12)-d- Se alguém puder ganhar a conquista,os outros podem idolatrar a pessoa.
    13)-e- Na Roma, o poder autocrático era incompetente para governar e defender o imenso império e várias províncias tentaram se libertar e viver sob o governo de imperadores próprios.
    14)-c- Até 445 a.C., só tinham direito a casar os patrícios. Nesse ano, e através da lei Canuleia, o casamento é alargado a todos os cidadãos, permitindo-se também o casamento entre patrícios eplebeus.
    15)-c- O imperio romano já tinha o período de glorias como passado e passa a se desfacelar tanto no ocidente como no oriente, mas sobretudo na parte mais ocidental os impactos foram maiores. A agricultura era principal fonte de riqueza do Império Romano, mas o comércio também foi importante.
    16)-d- Essa industria de Hollywood investe esses filmes para explicar sobre a respeito do tempo de Grecia e Roma.
    17)-b-é a mais remota assembleia política daRoma antiga, com origem nos "conselhos de anciãos" da Antiguidade oriental, e era uma assembleia de notáveis – o conselho dos patres (pais) ou chefes das famílias patrícias.
    18)-d- Drácon foi um legislador ateniense desde o século VII a.C. As leis draconianas têm um importante papel na história do Direito, mas não são o primeiro código de leis escrita, como havia sido proposto antes. O primeiro código de leis escritas de que a humanidade tem registro é o código de Ur-Nammu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1.a, pois a mumificação, somente era praticada pelos egípcios.
      3.b,porque o legislador,Drácon, praticava as leis severas e não abolia as penas de morte.
      4.c,pois o comercio marítimo era bem desenvolvido na época, por causa dos transportes de mercadoria vida de outros países.
      6.d,pois a classe de escravos era bem maior do que todas as classes.
      8.a,pois as influências gregas,presentes hoje,é o senado(criação das leis)EX. o código penal,hoje;a arquitetura(feitos com objetivos de trazer o espaço aberto,as colunas cono mostra de poder);a literatura(o dramatismo, lírico e épico), além da descoberta da matemáticas e outras ciências.
      9.d,pois as instituições públicas,eram bem mais prestigiada, e poderosa.
      10.e,nessas civilizações antigas a agricultura era bem desenvolvida por causa de uma região que se estende da mesopotâmia e passa pela Europa.além dessa riqueza,também eram grandes conhecedores das várias áreas culturais,como arquitetura, filosofia.
      11.1+16, pois além de serem bastante praticado a escravidão,a Roma, por exemplo, era aristocrática,e o desenvolvimento agrícola era bastante extenso, porém como os senadores estavam preocupados em expandir outros territórios.
      12.b,os povos conquistados pelo Império Romano,serviam como escravos para satisfazerem o senado.
      13.c,porque Roma era governado pela elite alta(nobreza-patrícios)
      18.d, pois foi Drácon quem criou as leis severas impondo morte.
      17.d, porque o senado,criou leis como forma de administrar o povo;eram faladas,pois ainda não existia leis escritas;a ditadura foi muito bem desenvolvido, governada por um triunvirato;era administrada por 3 militares.o Tribuno da Plebe,tinha como objetivo, de a classe plebeia ter direito a veto.
      16.a,na antiguidade Clássica,é caracterizada por ser uma política livre;com a expansão territória de Roma,possibilitou o comércio tendo lucros(capital) e escravos como prisioneiro de guerra.
      15.a,com a expansão do Império Romano,os países perdedores tinham que vender seus escravos aos países vencedores.
      2.d,pois as casa além de serem feitas de tijolos e barro,também era decorado com vários outros materiais de luxo(cobre).
      5.b, Atenas era governada pelos eupátridas(grandes proprietários de terra).a classe a maioria era comerciante e dava valor às terras para a produção agrícola.enquanto os espartanos,era bastante reduzidos;os homens empregavam o cargo de militares.
      7.d,pois os romanos prestavam culto aos seu deuses.e além disso, cultuavam seus corpos em homenagem aos seu deuses.
      14.c,demostra a descentralização do poder do senado, promovendo a decadência do império e serem invadidos por outros povos.

      Rodolfo Sampaio de Aquino Araújo-1°ano E.M.-colégio seráfico

      Excluir
  4. qual é a resposta da 8?

    ResponderExcluir
  5. oi professora Isabel! Adoro o seu blog,ele tem muitas curiosidades e com ele eu sempre estudo melhor! Gostei muito da postagem sobre a história romana e de saber sobre as duas histórias sobre sua origem. Apesar de voce ter saído do Colegio Daulia Bringel eu gosto muito de voce! Beijos!!!

    ResponderExcluir