quarta-feira, 30 de maio de 2018

A ERA VARGAS

* O TENENTISMO ANTES DE 1930

Revolução de 1930 - Ao centro Matos Costa - Foto de Claro Jansson

  • Anos 1920 - Fascismo na Itália
  • Anos 1920 - Oligarquias no Brasil - corrupção e violência
  • Revoltas no campo e nas cidades
  • Nesse contexto surge o Tenentismo
* O PRIMEIRO 5 DE JULHO (1922) - RIO DE JANEIRO

Tenentes da revolta dos 18 do Forte de Copacabana, em 1922

Arthur Bernardes
  • Um jornal carioca publica cartas falsas atribuídas a Arthur Bernardes
  • Arthur Bernardes era candidato representante dos militares 
  • Eleições de 1922
  • As cartas ofendiam os militares
  • O governo mandou prender o marechal Hermes da Fonseca (acusado de agitador)
  • 05/07/1922, tenentes do Forte de Copacabana pegaram em armas X o governo
  • O governo obrigou os revoltosos a se render (centenas se renderam)
  • 17 militares e 1 civil n se renderam e saíram pela Avenida Atlântida dispostos a tudo.
  • Houve troca de tiro
  • Sobreviveram somente: Siqueira Campos e Eduardo Gomes

*O SEGUNDO 5 DE JULHO (1924) - SÃO PAULO

A Revolta Paulista de 1924, também chamada de ‘Revolução Esquecida’, “Revolução do Isidoro“, “Revolução de 1924” e de “Segundo 5 de julho“, foi a segunda revolta tenentista. Foi o maior conflito bélico já ocorrido na Cidade de São Paulo.

  • Os tenentes exigiam:
  • 1- deposição de Arthur Bernardes
  • 2- voto secreto
  • 3- ensino primário obrigatório
  • 4- melhoria no ensino público
  • Líderes: general Isidoro Dias Lopes e o major Miguel Costa
  • Tentaram conquistar SP
* REVOLTAS TENENTISTAS EM OUTROS ESTADOS BRASILEIROS

  • Mato Grosso
  • Sergipe
  • Amazonas
  • Pará
  • Rio Grande do Sul
* A FORMAÇÃO DA COLUNA PRESTES

  • O governo venceu os tenentes
  • Os tenentes não desistiram
  • Formaram uma coluna de SP  em direção a Foz do Iguaçu ( Paraná)
  • Líder da coluna gaúcha: Luís Carlos Prestes
  • RS + SP = Coluna Prestes
  • 1800 homens
  • guerra de movimento
  • pelo interior do Brasil buscando apoio do povo
  • Conseguiram armamentos dos inimigos e evitavam as grandes cidades
  • percorreram 25 mil km através de 12 estados brasileiros
  • 1927 - 600 homens da coluna prestes se retiram para a Bolívia

* 1930 - UM MARCO NA HISTÓRIA DO BRASIL
  • 1930- Whashington Luís era presidente do Brasil por SP
  • Ele indicou Júlio Prestes para ser seu sucessor ( outro paulista)
  • O governo de MG  ( Antônio Carlos) n gostou e se aliou ao RS e PB formando a Aliança Liberal
  • Aliança Liberal lança Vargas como candidato
  • João Pessoa para vice-presidente
  • Getúlio defendia: (tornou-se popular)
  • 1-voto secreto
  • 2- incentivo a indústria nacional
  • 3- leis trabalhistas
* COMO ESTAVA A ECONOMIA DO BRASIL?

Queima do café

  • A crise de 1929 afetou a economia brasileira
  • Crise na venda do café
  • Cafeicultores e empresários faliram
  • Desemprego
  • Povo descontente com o presidente Whashington Luís
  • Aumenta a popularidade de Vargas
* AS ELEIÇÕES 

Jornal noticiando a morte de João Pessoa

  • Houve fraude e violência de todos os lados
  • No RS Vargas venceu mas por conta de fraudes quem ganhou foi Júlio Prestes (candidato dos paulistas)
  • A oposição conspira contra o governo
  • 1930- João Pessoa ( vice de Getúlio ) foi assassinado por um rival paraibano
  • 03/10/1930 - Getúlio e os rebeldes partes do RS para o RJ para derrubar o governo
  • Uma junta militar toma o poder antes de Vargas chegar ao RJ
* O GOVERNO VARGAS

  • 1930-1945 - 1º gov. Vargas
  • Avança a indústria,
  • cidades crescem
  • o Estado se fortalece e intervém na economia
  • nova relação com trabalhadores urbanos
* GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934)
  • Getúlio busca fortalecer o Estado brasileiro e a si próprio
  • afastou governantes das oligarquias
  • nomeou interventores de sua confiança
* A OPOSIÇÃO PAULISTA

Fotografia publicada pela revista Paratodos com o título: A Revolução Triumphante. Ao centro: Miguel Costa, Góis Monteiro e Getúlio Vargas.

  • As elites estaduais n gostaram dos interventores de Vargas (tenente João Alberto)
  • Em SP, foi formada a Frente Única Paulista 
  • Exigiam uma nova constituição
  • exigiam um interventor civil e paulista para SP
  • Vargas pressionado, nomeou Pedro Toledo para o cargo
  • A oposição paulista continuou
* UMA TRAGÉDIA EM SÃO PAULO


  • 4 estudantes foram mortos quando atacavam a sede do jornal pró-Vargas. 
  • Nomes dos estudantes:
  • 1- Martins
  • 2- Miragaia
  • 3- Dráusio
  • 4- Camargo
  • As inicias dos nomes formaram a sigla MMDC (movimento paulista)
* A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932
  • Paulistas
  • Líderes: Isidoro Dias Lopes (general) e Pedro de Toledo (civil)
  • ambos pegaram em armas
  • classe média e industriais paulistas se alistaram para lutar no exército constitucionalista
  • Roberto Simonsen (industrial)
  • Para financiar a luta os paulistas lançaram a campanha " Ouro para o bem de SP"
  • os paulistas foram apioados apenas pelo MT
  • o governo tinha maior poder de fogo, soldados e navios e venceu os paulistas
  • os paulistas se consideraram moralmente vencedores
  • o governo convocou uma Assembleia Constituinte (16/07/1934)
  • votou e aprovou a 3ª Constituição do Brasil
* A CONSTITUIÇÃO DE 1934 (mudanças)

Clique AQUI e acesse a Constituição de 1934 em pdf.

  • voto secreto
  • voto feminino
  • justiça eleitoral
  • ensino primário gratuito
  • nacionalização progressiva de minas, jazidas minerais, quedas-d´água...
  • criação da Justiça do Trabalho
  • direitos trabalhistas (jornada de 8 h, descanso semanal remunerado, férias, estabilidade à gestante...)
  • o próximo presidente seria eleito indiretamente
  • Vargas vence

VÍDEO SOBRE O VOTO FEMININO NO BRASIL



* SURGEM OS ALIANCISTAS E OS INTEGRALISTAS

* INTEGRALISTAS (1932)

  • líder: Plício Salgado
  • Fascista ( simpatizante de Mussolini)
  • 1932- Fundaram a Ação Integralista Brasileira (AIB) , que defendia:
  • 1- gov. autoritário, um chefe e partido único
  • 2- interesses da Nação sobre os indivíduos
  • 3- censura nos meios de comunicação
  • 4- usavam violência contra comunistas
  • Lema: Deus , Pátria e Família
  • quem apoiava a AIB: camada média, alto clero, empresários e Forças Armadas
  • a AIB possuiu mais de 100 mil filiados e mais de 1000 núcleos espalhados no Brasil
* ALIANCISTAS (1935)


Cartaz da ANL
  • fundaram a ANL - Aliança Nacional Libertadora
  • liderada por comunistas
  • frente popular
  • líder: Luís Carlos Prestes
  • pontos do programa:
  • 1- o não pagamento da dívida externa do Brasil
  • 2- nacionalização de empresas estrangeiras
  • 3-  reforma agrária
  • 4- governo popular










* LEVANTE COMUNISTA (05/07/1935)



  • Líder: Luís Carlos Prestes
  • Objetivo: derrubar o governo Vargas
  • Formar um novo governo popular e revolucionário
  • Vargas reage e fecha a sede da ANL
  • Vargas fechas os núcleos da ANL  no Brasil
  • Sargentos, cabos e soldados iniciam a INTENTONA COMUNISTA (em Natal - RN)
  • Levantes se espalharam no Recife e RJ
  • Vargas sufocou  os levantes, prende e tortura os envolvidos na ANL (comunistas ou não)
  • As principais cadeias brasileiras encheram-se de presos
  • Graciliano Ramos (escritos) e Olga Benário (mulher de Prestes) eram presos políticos
ENTREVISTA COM ANITA PRESTES, FILHA DE LUÍS CARLOS PRESTES E OLGA BENÁRIO



* ESTADO NOVO


  • 1938 - haveria nova eleição para presidente
  • Vargas não queria deixar o poder
  • Vargas divulgou um plano falso , no rádio, chamado PLANO COHEN
  • Segundo Vargas esse plano era comunista e iria provocar greves, incêndios e assassinato do presidente. (tudo mentira)
  • Vargas deu um golpe e implanta a DITADURA DO ESTADO NOVO
  • Fechou o Congresso Nacional
  • Impôs uma nova Constituição (1937)
Clique AQUI e baixe em pdf

  • O presidente governaria por decretos (leis impostas)
  • Eleições presidenciais suspensas
  • Greves eram proibidas
  • Sindicatos eram vigiados pelo governo
  • Extinguiu todos os partidos políticos
  • Políticas públicas nas áreas: trabalho, educação, saúde e propaganda.
*REAÇÃO DOS INTEGRALISTAS


  • Atacaram o Palácio Guanabara (residência do presidente) - maio de 1938
  • Vargas resistiu ao golpe
  • Mandou prender seus adversários


*ECONOMIA

Saiba mais AQUI



  • A indústria assume papel de liderança (antes era a agricultura)
  • causas: Grande Depressão e 2ª Guerra Mundial
  • O Brasil foi forçado a fabricar seus produtos
  • Vargas fez empréstimos
  • Reduziu os juros
  • Reduziu impostos sobre bens e equipamentos industriais
  • 1940 - fixou o salário mínimo
  • Criou o Conselho do Petróleo (1938) - BA - 1º posso de petróleo do Brasil
  • Criou a Companhia Siderúrgica Nacional(1941) - RJ
  • Criou a Companhia Vale do Rio Doce (1942) - MG
  • Criou a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (1945)
  • Mandou queimar ou lançar ao mar 30 milhões de sacas de café (para defender o preço)
  • (1931-1939) - criou um imposto por pé de café (para inibir o plantio)
  • O objetivo era ter recursos para importar máquinas
  • Incentivou a produção de açúcar, algodão, borracha, cacau e mate. 
  • O café foi deixando de ser o único produto de exportação


* O ESTADO NOVO E OS TRABALHADORES
  • Trabalhismo: vínculo entre o presidente e os trabalhadores
  • Formar um trabalhador produtivo e ordeiro
  • Concedeu alguns direitos trabalhistas
  • Fez propaganda desses direitos
  • 1943 - CLT ( Consolidação das Leis do Trabalho)
  • DIP - Departamento de Imprensa e Propaganda
  • Inspirado no Fascismo: usava rádio, documentários cinematográficos, cartazes, folhetos e cartilhas
  • Vargas aparecia nas cartilhas junto a crianças e dando esmolas e exaltando os trabalhadores e o patriotismo
  • DIP - censurava os jornais, revistas, rádio, cinema ...
  • 1940- DIP negou registro de 420 jornais e 346 revistas.
  • Criou o programa de rádio : A HORA DO BRASIL
  • Discursos de Vargas eram veiculados em datas especiais como o DIA DO TRABALHO (1º de maio)




* O QUEREMISMO

  • A participação brasileira na 2ª Guerra contra as ditaduras
  • Aumentaram as críticas ao Estado Novo
  • Políticos e Universitários brasileiros queriam combater a ditadura interna, de Vargas
  • Outubro 1943 - MG - Manifesto dos Mineiros - exigiam democratização do Brasil
  • Dezembro 1943 - UNE (União Nacional dos Estudantes)- passeata contra o governo
  • Vargas decide liderar a democratização do Brasil (para se defender)
  • 1945 - Vargas anistia os condenados políticos, liberou partidos e marcou eleições presidenciais para dezembro de 1945.
  • Vargas fazia jogo duplo: apoiava a candidatura do general Dutra e incentivava o QUEREMISMO (mov. popular que queria Vargas no poder)
  • Civis e militares uniram-se para derrubar Vargas
  • 29/10/1945 - tropas do general Góis Monteiro forçaram Vargas a renunciar
  • Fim do Estado Novo


Nenhum comentário:

Postar um comentário