sexta-feira, 24 de agosto de 2012

ÁFRICA ANTIGA





A África hoje



A ONU criou o IDH ( Índice de Desenvolvimento Humano) para "medir" a qualidade de vida de vários países. Ele leva em conta o PIB per capita, a longevidade, acesso a saúde, escolarização e outros. Ele vai de 0,000 a 1,000. Os 19 piores IDHs são da África. A Serra Leoa tem o pior IDH do mundo (0,273). Seguida por Níger, Burkina Fasso, Mali, Burundi(o país mais pobre do mundo) e Guiné-Bissau (país lusófono). O país africano melhor colocado é Seychelles com IDH alto, na 35ª posição. Depois, as nações africanas mais bem colocadas são estas: Líbia, Tunísia, Cabo Verde (país lusófono) e África do Sul. Estes IDHs são inferiores ao do Brasil.



A África antiga

Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distintas: o Egito e a África subsaariana, ao sul do Deserto do Saara. Mas pouco se sabe sobre os povos subsaarianos, por muito tempo era usada somente a forma oral, com pouca escrita.
Na África, a história e bem grande, já que foi lá que surgiram os primeiros hominídeos, que surgiram na costa do Mar Vermelho e do Oceano Índico além do território onde hoje são a Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue. Algumas comunidades migraram para outros locais e outras permaneceram ali. Os povos da região do Egito se desenvolviam rapidamente com a ajuda do Nilo, mas nos outros povos o desenvolvimento, agricultura e pecuária foram lentos. Porém várias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, cultivando principalmente os cereais e criando animais diversos. Isso provocou um aumento de habitantes, e estas comunidades passaram a abrir rotas de comercialização para vender, principalmente, o sal. Para realizar este transporte era necessário atravessar o Deserto do Saara, e a atividade ficou conhecida como comércio transaariano. Como o lugar a ser percorrido era muito acidentado, os povos africanos começaram a fazer uso de animais capazes de se adaptar a diversas condições. Tentaram muitos animais, o boi, o cavalo e, só depois o camelo. Ele era perfeito para esta função, ficava um bom tempo sem tomar água, pode carregar bastante carga e se adapta a várias condições. Porém, algumas comunidades não se desenvolveram tanto porque há uma mosca chamada tsé-tsé, que transmitia uma doença capaz de dizimar as populações animais.




As religiões africanas

Como a África é muito grande, diversas religiões manifestaram-se nela. Nos locais próximos a Eurásia prevaleceu o judaísmo que se espalhou pelas cidades do norte da África. Essa religião se espalhou por causa dos judeus da rota de comércio. Logo após o cristianismo e o islamismo se fortaleceram muito na África. O cristianismo passou a ser logo logo a religião do império de Axum, que falaremos mais tarde. O cristianismo só foi fixar-se mais fortemente depois do século XV. Já o islamismo conseguiu converter grande parte do norte africano e do Deserto do Saara no século VIII. Além destas o povo africano também criou religiões.

As sociedades africanas

Na história da África, algumas sociedades ficaram mais famosas por causa de sua duração ou importância político-econômica na África.

O Império Kush ( 1700 a.C.- 300 d.C. )

De 3600 a.C. até 1700 a.C., a região da Núbia esteve sob poder egípcio. Mas em 1700 a.C.,os núbios ficaram independentes e criaram uma forte sociedade: o Império Kush. De 1700 a.C. até 1500 a.C. houve o Primeiro Império Kush. Em 1500 a.C. os egípcios reconquistaram a Núbia, o que fez com que algumas pessoas migrassem para a cidade de Napata ,no sul.
Porém, em 1100 a.C. os núbios reconquistaram o seu território e ergueram o Segundo Império Kush. No segundo império, os núbios aumentaram muito seus domínios e até tentaram invadir o Egito em 663 a.C.,mas foram expulsos pelos assírios, povo que havia conquistado o Egito. A economia do Império Kush não foi lá das melhores mas se destacou na África subsaariana. Além disso o Império Kush estava sendo constantemente ameaçada de invasão pelos nômades cuxitas. Em 300 d.C., não houve mais registros sobre o Império Kush, que provavelmente foi conquistado pelo Império Axum.

O povo cartaginês ( século VI a.C. a I a.C. )

Entre os séculos VIII a.C. e VII a.C., o povo fenício criou a cidade de Cartago, onde hoje fica Túnis, capital da Tunísia. Só que, em V a.C. Cartago ficou independente da Fenícia, e construiu um sólido império. Seus domínios foram até o atual Marrocos até o leste da atual Líbia, no golfo de Sidra, além de algumas ilhas e parte da Sicília. Cartago foi uma grande potência naval militar no Mediterrâneo. Primeiramente sua estratégia era evitar conflitos com gregos e romanos e estender ainda mais suas posses no norte africano, onde começou a exercer grande autoridade nos povos nativos. Exploravam povos com pouca tecnologia extraindo ouro, prata e cobre em troca de coisas ridículas como trabalhos artesanais. Além disso, estes povos deviam fornecer soldados para o exército cartaginês.A administração do Império Cartaginês era feita assim: um rei, alguns sulfetes, que eram como governadores e um conselho de cem pessoas. Os sulfetes e as pessoas do conselho eram escolhidas em uma eleição, porém só os mais ricos e poderosos votavam. Cartago se destacou muitissímo pelo seu comércio, tinha muitas riquezas, a maioria extraída dos povos conquistados, além de uma frota comercial excelente. O Império Cartaginês acabou conquistado por Roma nas Guerras Púnicas.

A sociedade de Axum ( século I d.C. a X d.C. )

Entre os séculos V a.C. e IV a.C.,algumas pessoas oriundas da península arábica fugindo do deserto migraram em uma região onde hoje é o norte da Etiópia e a Eritréia. Fundaram a cidade de Adúlis e expandiram o seu território e fundaram a cidade de Axum. No começo a sociedade não era maior que um retângulo de 160km por 300km. O reino se enriqueceu muito através do comércio e expandiu seus domínios. Conquistou o Império Kush e seu território já compreendia o seu território inicial, todo o atual Sudão e algumas partes da Península Arábica. Os axumitas criaram um importante centro comercial, de importação e exportação. Por ali foram encontrados até vestígios de porcelana chinesa. Além disso muitas mercadorias faziam escala em Axum como a rota de Índia para Roma que sempre parava em Axum. Logo se tornou uma grande exportadora de ouro, prata e marfim. Eles eram politeístas, mas depois adotaram o cristianismo como religião oficial. Por causa desta mudança se estremeceram as relações com alguns povos que tinham outras religiões como oficiais. Depois, o império romano do ocidente caiu, o que enfraqueceu as exportações e o comércio da nação o que empobreceu o povo. Não sabemos ao certo a razão do fim de Axum, mas com certeza estes fatos ajudaram.

O Reino de Gana ( 300 d.C. até 1300 d.C.)

Na África ocidental a sociedade se desenvolveu muito diferentemente do oriente africano. As cidades do sudoeste enriqueceram graças ao comércio transaariano que negociava produtos para quase toda a África. Por causa disso as cidades cresceram, criando reinos. Um desses reinos foi Gana que no início era um pequeno território onde hoje é a Mauritânia e o Mali. Com o tempo Gana expandiu suas posses e sua riqueza era famosa na África. Seus governantes viviam em palácios luxuosos e decorados com ouro abundante naquela região. Só que, foi construído o Reino de Mali que acabou ficando maior que Gana e conquistando-a.

VOCÊ SABIA QUE EXISTE ÁFRICA BRANCA E ÁFRICA NEGRA?


África “branca” (cultura árabe) e África “negra” (culturas locais).

Isto é possível em virtude da influência que a região norte da África (árabe) sofreu com a ocupação dos povos do Oriente Médio (Ásia) durante os tempos, tendo como resultado um espaço totalmente adverso da África “negra”, sendo esta última caracterizada pelas culturas regionais provindas de milenares tribos africanas. Também é possível destacar a própria cor da pele dos africanos nessas duas regiões: os descendentes de árabes possuem uma tez clara, em grande parte, enquanto que os africanos relacionados com as culturas tribais já têm uma cor mais negra.
Sendo assim, a África vem a ser o resultado de anos de ocupação e influência das mais diversas culturas do mundo que remodelaram e transformaram seu continente num espaço diversificado e muitas vezes carente de recursos econômicos, por outro lado, suas belezas naturais são únicas e, por enquanto, estão permanentes em todo seu território.
África “branca”
Argélia, Dijbuti, Egito, Eritréia, Etiópia, Líbia, Mali, Marrocos, Mauritânia, Níger, Saara Ocidental, Somália, Sudão e Tunísia.
África “negra”
Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Togo, Camarões, Congo, Gabão, Guiné Equatorial, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Chade, Burundi, Quênia, Ruanda, Tanzânia, Uganda, África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Madagascar, Malauí, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia e Zimbábue.

RESPONDA: ( Faça com suas palavras. Seja crítico.)
1- Comente sobre a religião africana.
2- Caracterize os impérios africanos.
3- Qual a atual situação da África? Justifique.
4- Explique a diferença da áfrica Branca e a áfrica Negra.

30 comentários:

  1. Elen e Rayele 6°ano24 de agosto de 2012 09:16

    Os povos da região do Egito se desenvolviam rapidamente com a ajuda do Nilo, mas nos outros povos o desenvolvimento, agricultura e pecuária foram lentos. Porém várias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, cultivando principalmente os cereais e criando animais diversos. Isso provocou um aumento de habitantes, e estas comunidades passaram a abrir rotas de comercialização para vender, principalmente, o sal. Para realizar este transporte era necessário atravessar o Deserto do Saara, e a atividade ficou conhecida como comércio transaariano. Como o lugar a ser percorrido era muito acidentado, os povos africanos começaram a fazer uso de animais capazes de se adaptar a diversas condições. Tentaram muitos animais, o boi, o cavalo e, só depois o camelo.Como a África era muito grande pessoas foram morar lá por causa que a religião e a moradia era ótima.Na história da África, algumas sociedades ficaram mais famosas por causa de sua duração ou importância político-econômica na África.A região da Núbia estava sobre o poder dos Egípcios .
    Elen N°:07.Rayele N°:23

    ResponderExcluir
  2. Pablo e Matheus Severo24 de agosto de 2012 09:18

    nos entendemos que muitas pessoas passam fome,a Africa e muito grande,com diversas religiões como o Cristianismo.

    ResponderExcluir
  3. Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distintas: o Egito e a África subsaariana, ao sul do Deserto do Saara.
    Na África, a história e bem grande, já que foi lá que surgiram os primeiros hominídeos, que surgiram na costa do Mar Vermelho e do Oceano Índico além do território onde hoje são a Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue.Algumas dessas comunidades migraram para outros lugares , e os outros grupos ficaram.
    Como a Africa era muito grande , diversas religiões se manifestavam nela; como o(judaísmo,cristianismo, induísmo).

    As sociedades africanas

    Na história da África, algumas sociedades ficaram mais famosas por causa de sua duração ou importância político-econômica na África.
    De 3600a.C a até 1700 a.C a região da núbia estava sob poder do Egito.
    Mas em 1700 a.C.,os núbios ficaram independentes e criaram uma forte sociedade: o Império Kush. De 1700 a.C. até 1500 a.C. houve o Primeiro Império Kush. Em 1500 a.C. os egípcios reconquistaram a Núbia, o que fez com que algumas pessoas migrassem para a cidade de Napata ,no sul.
    Entre os séculos VIII a.C. e VII a.C., o povo fenício criou a cidade de Cartago, onde hoje fica Túnis, capital da Tunísia. Só que, em V a.C.Cartografo ficou independente da Fenícia,e construiu um solido imperiao.

    ResponderExcluir
  4. Na África, a história e bem grande, já que foi lá que surgiram os primeiros hominídeos, que surgiram na costa do Mar Vermelho e do Oceano Índico além do território onde hoje são a Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue. Os povos da região do Egito se desenvolviam rapidamente com a ajuda do Nilo, mas nos outros povos o desenvolvimento, agricultura e pecuária foram lentos.La na africa para realizar este transporte era necessário atravessar o Deserto do Saara, e a atividade ficou conhecida como comércio transaariano. Nos locais próximos a Eurásia prevaleceu o judaísmo que se espalhou pelas cidades do norte da África. Essa religião se espalhou por causa dos judeus da rota de comércio. Logo após o cristianismo e o islamismo se fortaleceram muito na África.Na história da África, algumas sociedades ficaram mais famosas por causa de sua duração ou importância político-econômica na África.Na África ocidental a sociedade se desenvolveu muito diferentemente do oriente africano. As cidades do sudoeste enriqueceram graças ao comércio transaariano que negociava produtos para quase toda a África. Por causa disso as cidades cresceram, criando reinos. Um desses reinos foi Gana que no início era um pequeno território onde hoje é a Mauritânia e o Mali. Com o tempo Gana expandiu suas posses e sua riqueza era famosa na África. Seus governantes viviam em palácios luxuosos e decorados com ouro abundante naquela região.De 3600 a.C. até 1700 a.C., a região da Núbia esteve sob poder egípcio. Mas em 1700 a.C.,os núbios ficaram independentes e criaram uma forte sociedade: o Império Kush. De 1700 a.C. até 1500 a.C. houve o Primeiro Império Kush. Em 1500 a.C. os egípcios reconquistaram a Núbia, o que fez com que algumas pessoas migrassem para a cidade de Napata ,no sul.



    INSTITUTO FREI JOÃO PEDRO DE SEXTO

    ResponderExcluir
  5. pedro vitor e carlos ludvick do 6@ano24 de agosto de 2012 09:23

    nós pedro vitor e carlos ludvick,aprendemos que na africa antiga e atual é muito interessante e legal,na africa atiga os africanos passam muita fome,e a religião deles é cristianismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. refazer. complemente o comentário. aprofunde mais suas ideias.

      Excluir
  6. África

    Na África Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distintas;o Egito e a África subsaariana ao sul do Deserto do Saara.Foi na África que surgiram os primeiros hominídeos.

    ResponderExcluir
  7. A história da África é muito grande, porque foi lá que os primeiros Hominídeos começaram a surgir, perto da Costa do Mar Vermelho e do Oceano Índico. E estudos dizem que antes a África era dividida em duas áreas o Egito e a África subsaariana, eram lugares bem distantes. Varias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, com a cultivação de plantas, a criação de animais, isso provocou o aumento de abitantes, e as comunidades começaram a abrir rotas de comercialização, e eles passaram a usar animais, eles tentaram vários tipos de animais, boi, cavalo e etc. Mas o mais resistente foi o Camelo que podia passa várias horas sem beber água, e aguentava grandes cargas. A África é muito grande e varias religiões se manifestaram lá. O Judaísmo se espalhou por causa do Judeus da rota de comercio próximo a Eurásia. O cristianismo passou a ser logo logo a religião do império de Axum, o cristianismo só foi fixar-se mais fortemente depois do século XV. Na África ocidental a sociedade se desenvolveu muito diferentemente do oriente africano. A História da África é muito longa e interesante...!! :D Instituto Frei João Pedro de Sexto/ N°: 1

    ResponderExcluir
  8. Karol Nogueira nº13 Ana Beatriz nº224 de agosto de 2012 09:25

    África antiga
    A áfrica começou quando era dividida entre a região Egito e a região subsaariana. Na áfrica surgiram os primeiros hominídeos. Para atravessar o deserto eles precisavam de animais eles testaram vários animais ate que em fim descobriram o camelo que passava muito tempo sem beber água, mas o problema é que tinha uma mosca chamada tsé-tsé que transmitia uma doença capaz de dizimar as populações animais
    As religiões africanas
    Como a áfrica e muito grande existia várias religiões uma delas era o cristianismo e o islamismo.

    ResponderExcluir
  9. ana clara fernandes , 6 ano , n° 324 de agosto de 2012 09:25


    a áfrica era dividida em duas partes o egito e a áfrica subsaariana, ao sul do Deserto do Saara . por muito tempo foi usada só a forma oral com pouca escrita muitas pessoas falavam só oral nÂo escrevia muito .os povos do egito se desenvolvia rapidamente coma ajuda do rio nilo ,mais em outros povos pecuaria mas nos outros povos o desenvolvimento, agricultura e pecuária foram lentos. Porém várias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, cultivando principalmente os cereais e criando animais diversos. Isso provocou um aumento de habitantes, e estas comunidades passaram a abrir rotas de comercialização para vender, principalmente, o sal.para realizar esse transporte era preciso atravessar o deserto do saara. O camelo era o animal perfeito para essa
    função fica um bom tempo sem beber água e pode carregar bastante cargas pesadas mais avia umas moscas chamadas tsé-tsé que transmitia uma doença . como a africa é grande avia varias religiões Nos locais próximos a Eurásia prevaleceu o judaísmo que se espalhou pelas cidades do norte da áfrica essa religião se por causa dos judeus da rota dos comércios.

    ResponderExcluir
  10. Sasquia & LIARA 6 ANO24 de agosto de 2012 09:28

    Como a África é muito grande, diversas religiões manifestaram-se nela. Nos locais próximos a Eurásia prevaleceu o judaísmo que se espalhou pelas cidades do norte da África. Essa religião se espalhou por causa dos judeus da rota de comércio. Logo após o cristianismo e o islamismo se fortaleceram muito na África. O cristianismo passou a ser logo logo a religião do império de Axum, que falaremos mais tarde. O cristianismo só foi fixar-se mais fortemente depois do século XV. Já o islamismo conseguiu converter grande parte do norte africano e do Deserto do Saara no século VIII. Além destas o povo africano também criou religiões... NA AFRICA OCIDENTAL A SOCIEDADE SE DESENVOLVEU MUITO DIFERENTE DO ORIENTE AFRICANO.......

    ResponderExcluir
  11. f.roberio e matheus. l24 de agosto de 2012 09:32

    Os estudos dizem que a áfrica no inicio era dividido em duas partes:o Egito e a áfrica subsaariana ,ao sul do deserto do Saara.Eles usavam pouca forma escrita mas sim mais a forma oral.a historia da áfrica e bem extensa pois foi La que nasceram os primeiros hominídeos,que surdiram na costa do mar vermelho e o oceano indico ,alem do território da Tanzânia,zâmbia,Zimbábue.Algumas migraram e outros ficaram la . COM o almento das producoes pecuarias a populaçao tambem almentou.como a africa e muito grande logo surgiram varias religioes
    .Mas a que mas se manifestou se manisfetou judianismo.Ela se manisfestou pois as pessoas de comercio de rota eram judeus.Na história da África, algumas sociedades ficaram mais famosas por causa de sua duração ou importância político-econômica na África.Nos tempos dos reinos tiveram varios reinos pela africa

    SERIE 6 ANO
    COLEGIO:IFJPS
    NUMERO DOS ALUNOS:18 E 9


    ResponderExcluir
  12. Bom nós entendemos que o povo Africano era um povo muito pobre e muito sofrido.a África era dividida em duas áreas bem distintas: o Egito e a África subsaariana.Por um longo tempo eles usavam mais a forma oral do que a escrita.A África tinha muitas regiões, e cada religião foi surgindo conforme os povos vinha

    Gabriel de Souza Ribeiro nº10
    Guilherme da Silva nº11

    ResponderExcluir
  13. ÁFRICA
    Na África Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distinta o Egito e a África subsaariana ao sul do Deserto do Saara.
    Foi na África que surgiram os primeiros hominídeos.
    OS Africanos estudavam os animais como elefantes até chegarem nos camelos
    que suportam muito muito tempo sem água e cargas muito pesadas.
    O cristianismo só foi se espalhar depois do século XV

    ResponderExcluir
  14. Bruno e Lara Ingrind24 de agosto de 2012 09:39

    Na África Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distintas;o Egito e a África subsaariana ao sul do Deserto do Saara.Foi na África que surgiram os primeiros hominídeos.
    Várias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, cultivando os cereais e criando animais diversos.As pessoas para vender o sal tiveram que atravessar o Deserto do Saara e começaram a utilizar os animais como transporte.Os primeiros animais foram o cavalo,o boi,só depois usaram o camelo.O camelo foi de muita utilidade,porque carregava muita coisa e atravessava todo o deserto sem beber nem um pingo de água.A religiao dos aficanos é o cristianismo.

    ResponderExcluir
  15. hoje em dia a africa é um dos paises mais pobres do mundo mas não foi sempre assim antes ela era dividida em duas regiões a africa subsaariana era a mais pobre mas nem tanto,no entanto alguns residentes ainda migraram de la para outras areas mas a outra região era o egito e com a ajuda do rio nilo evoluiram bastante so que com tanta produtividade precisavam de algum lugar para comercio e o mais proximo era preciso atravessar o deserto do saara e depois de muitos testes descobriram que o camelo era o animal que suportava esse tipo de temperatura.

    ResponderExcluir
  16. rafaela 5° ano n°2229 de agosto de 2012 15:26

    Estudos dizem que, antes, a África era dividida em duas áreas bem distintas: o Egito e a África subsaariana, ao sul do Deserto do Saara. Mas pouco se sabe sobre os povos subsaarianos, por muito tempo era usada somente a forma oral, com pouca escrita. Na África, a história e bem grande, já que foi lá que surgiram os primeiros hominídeos, que surgiram na costa do Mar Vermelho e do Oceano Índico além do território onde hoje são a Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue. Algumas comunidades migraram para outros locais e outras permaneceram ali. Os povos da região do Egito se desenvolviam rapidamente com a ajuda do Nilo, mas nos outros povos o desenvolvimento, agricultura e pecuária foram lentos. Porém várias comunidades começaram a sedentarizar rapidamente, cultivando principalmente os cereais e criando animais diversos.

    ResponderExcluir